14.11.10

Eu gosto do Rio, como gosto da Rita e também de todas as coisas.



Gosto de cinema, literatura, artes plásticas, música, teatro e de quem se expressa.
Gosto de quem escreve poemas, deixa recados, envia mensagens, fala sozinho(a), escreve no guardanapos para não esquecer...
Gosto do Neil Gaiman e adorei sua Coraline, que tive o prazer de rever nesse final de semana.
Gostei que Elizabeth Gilbert tenha escrito sobre suas experiências de comer, rezar e amar. Muita gente não gostou do filme.Eu sim. Me vi em diversas situações simplesmente por já as ter vivenciado.Revivi muita coisa e ao final tive, e tenho, a certeza que não me batem arrependimentos e que estou no caminho certo, no meu caminho, por mais incompreensível que ele seja aos olhos alheios. Talvez Liz seja uma melhor aluna, ou não.
E quanto às indicações que fiquei de fazer outro dia por conta do Prêmio Dardos, eu digo que posso, no máximo, lhes oferecer sugestões de leitura, porque afinal eu penso que tudo o que eu leio me acrescenta algo, seja na forma do gostar ou mesmo do detestar.
Mas existem alguns blogs, ou melhor, pessoas que escrevem neles, que me acrescentam algo de bom sempre.E eles merecem o Prêmio Dardos!
Posso afirmar, sem medo de ser feliz, que aprendo e compartilho muito com o Carlos, do Crônicas do Rochedo , com alguns autores do É tudo Gente Morta, com o jeito de ser da dona do Borboletas nos Olhos, com a escrita da Patti , com o maneira de viver da Blonde, com as voltas que o Lacoste dá. Como também aprendo a real essência feminina que habita em mim com a Layla. Gosto também do gosto de saudade que fica na boca com o Pitanga Doce. Gosto ainda do que escreve a Teté, ela conta coisas que eu não sei. Assim como gosto também do que a Ana fotografa.
Bem, é mais ou menos isso!
Update: esqueci de mencionar que foi com a Ameixinha que aprendi que dióspiros são caquis :o)

11 comentários:

Borboletas nos Olhos disse...

Eu gosto do Rio. Gosto das Ritas (do Chico, da Lee, da que escreve no blog Estrada Anil, da minha mãe...). Gosto da sua lista de gostos. Gosto que tenha novos blogs a conhecer a partir dos seus olhos gentis e inteligentes. Gosto de encontrá-la...aqui, no cemitério, no face e, maior alegria, lá no Borboletas. Gosto de quase tudo (só não gostei muito do filme comer, etc. mas deve ser inveja...eu queria que alguém me sustentasse 3 meses na Itália e queria muuuiiitttooo ter uns minutinhos com o Javier, rsrsr). Ah, gosto da liberdade de poder dizer bobices sem medo de perder um tantinho do gostar que generosamente você me dá...Beijos

Turmalina disse...

Borboletinha...na verdade não fica bem explicado no filme como ela consegue dinheiro para tanto, mas nossas viagens podem começar por aqui mesmo.E eu acredito na existência de demais Javiers...e vc é uma fofa!
Obrigada por existir :o)

Blondewithaphd disse...

Minha nossa, por esta é que eu não estava à espera...
(sem palavras: obrigada!)

ameixa seca disse...

E gostar é bem melhor do que não gostar... seja do que for :)

Pitanga Doce disse...

A começar: A Lis conseguiu se sustentar na Itália, Bali e tal, porque era uma escritora famosa (ninguém viu o que ela escreveu mas ela tinha até uma amiga editora, dessas que só aparecem nos filmes).

Quanto à saudade pitangueira, ó mulher, que isso já veio no DNA! E quando bate...

Já a Rita cantando Valsa de uma Cidade, não conhecia e vou te dizer: o duro é você ouvir essa música quando não está nem no país.

beijos, menina.

annie hall disse...

Bem-aja :) Gostei de me ver entre tantos que também gosto de ler e gostei principalmente saber que fotos minhas lhe dão uns instantes de prazer.
amanhã coloco uma especialmente para si e todas/os que nos vamos mimando e fazendo companhia com os nossos blogs.

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Gosto do Rio, gosto da(s) Rita(s)- a Lee e a outra- e gosto muito da Carta de Tarot. Agradeço, do fundo do coração, as suas palavras e a sua distinção ao meu CR. Obrigado!!!

Teté disse...

Também gosto da Rita Lee e de muita música aí desse lado do Atlântico.

Também tenho aprendido muito na blogosfera, com diferentes maneiras de ser ou de estar e conhecimentos diferentes dos meus - por exemplo, hoje aqui aprendi que dióspiros são caquis! :)

Mais, gosto dessa interactividade diversificada, em que um mostra as fotografias, o outro fala de política, outro de música e por aí fora. Não somos todos iguais! :)))

Mas pronto, nem sempre há concordâncias nos gostos, não apreciei o livro de Elizabeth Gilbert (ela escreve bem, mas a protagonista engole todas as crendices que lhe "vendem") e o filme vê-se, mais pelos actores!

Resumindo: Obrigada! Publicarei em breve... :D

Beijocas!

Turmalina disse...

Blonde...fico feliz em tê-la supreendido...rss...
Ameixinha...eu gosto!
Pitanga...volte loooogo...e quem sabe um dia você também não escreva um livro sobre o além mar, héin? E olha que pode até virar filme :o)
Annie...vou correndo lá dar uma namoradinha nas suas fotos. Obrigada :o)
Carlos...gosto que goste :o)
Teté...amo toda essa diversidade. E sabe, eu já fui uma jovem que "comprou" todas as crendices que lhe venderam.Uma hora a gente aprende que nem tanto o Céu, nem tanto a Terra.Bjos!

Viagens Lacoste disse...

Turmalina muito obrigado pela distinção sinto-me lisonjeado.

Layla disse...

Turmalina, eu aprendo, a cada dia, com o teu grande e generoso coração! Obrigada, muito obrigada!
Salaam,
Layla.