24.7.17

''Em nossas vidas, há pessoas que nos fazem felizes pelo simples fato de ter cruzado o nosso caminho. Hoje e Sempre. Simplesmente porque cada pessoa que passa em nossa vida é única, sempre deixa um pouco de si e leva um pouco de nós. Há os que levaram muito, mas não há os que não deixaram nada. Esta é a maior responsabilidade de nossa vida e a prova evidente de que duas almas não se encontram por acaso.''  Jorge Luis Borges
Não importa o grau destas relações, só sei que eu aprendo muito com elas.E é com a estranheza de algumas que eu cresço como pessoa.Vou morrer e não vou ver de tudo nessa vida.
Eu quero é mais, que me surpreendam!
Essa vida é mesmo uma montanha russa, cujo sentido muda sempre que o carrinho sobe, desce ou para na estação.E o que importa é estar feliz!!!
Estou trabalhando agora numa colcha, com sobras de lã de um trabalho e outro, para doar no Lar dos Velhinhos, isso me deixa bem feliz.Há alguns anos foi moda, mas agora as pessoas encontraram outras prioridades.Não tem importância, eu não preciso de modismos, o meu combustível é outro.



15.7.17

As pessoas ainda me ligam para saber se eu estou bem...na verdade, estou ótima!!!
Estou esperando começarem os poderes especiais como o que aconteceu com Peter Parker.
Talvez os escorpiões seja emotivos pois ando uma manteiga derretida.
Ontem chorei baldes ao encontrar uma foto do meu pai na galeria do celular, foi tirada uma semana antes dele ser internado, quando ele só tinha uma infecção urinária, que na sua idade era suficiente para deixá-lo caidinho.
Mas, enfim, este é o último sorriso que eu guardo dele.


Voltando à vida normal, aquela que nos atropela toda manhã, hoje fiz panquecas.
Tenho uma relação estranha com elas, adoro prepará-las, gosto do sabor da massinha, mas não gosto de comê-las depois que saem do forno com molho e recheio.
Tanto que como enquanto as preparo, depois só provo.
Mas tem uma sobremesa que gosto muito: Crepe Suzette, só que nunca tentei preparar em casa.
Estou pensando em tentar!


Gosto tanto que tenho a receita na cabeça, só de ver fazer.
As minhas panquecas (crepes) são imbatíveis e não tem segredo algum, acho que é só prepará-los com prazer.
Para fazer a calda sei que tenho que derreter açucar no ponto de caramelo, colocar um pouco de manteiga e suco de laranja. Tudo incorporado, é a hora de flambar com uma mistura de Grand Marnier e Conhaque.
Pronto, acabou!
Gosto de comer com frutas frescas, gomos de laranja, morangos e uma colher generosa de chantilly.
Farei em breve!


12.7.17

Costumo dizer que minha vida não tem nada de monótona e não é exagero.
Me digam quantas pessoas vocês conhecem que saindo do banho, pegam a toalha (branquinha e fofinha) para se secarem e levam uma picada de escorpião no dedo indicador da mão?
Foi tudo super rápido, doeu um bocado na hora, latejou bastante, tive uma pontada de dor de cabeça, mas meia hora depois eu não sentia mais nada.
Foi este o tempo também que levei para me vestir e chegar ao posto de saúde.Mas antes disso liguei para a veterinária para saber o que fazer.
A resposta foi: pega o bicho e vai para o Posto de Saúde.



Chegando lá me levaram imediatamente para a sala 3.
Fui atendida por um médico cubano, a comunicação foi um tanto difícil, mas o enfermeiro era ótimo.
Segundo o médico, se fosse para ter uma reação violenta ao veneno, eu teria tido na hora e não depois.Mandou que eu me observasse durante o dia, tomasse um analgésico se fosse preciso e passasse uma pomada anti inflamatória no local picado.
Segundo o enfermeiro, o tipo que me picou é dos menos venenosos e que costuma ser mais perigoso para crianças e não para adultos saudáveis.E me recomendou que tomasse bastante água.
O bicho era bem pequeno, uns 2 cm, acho que ainda é filhote.Virou a celebridade do dia no P.S.
Conclusão: sobrevivi.
Já o escorpião, coitadinho, não está com uma cara muito boa.

9.7.17

Ando um tanto repetitiva...acho que é culpa da gripe.Gripe é apelido, isso é coisa do capeta.Eu devia ter desconfiado quando o posto de saúde do distrito fez Campanha de Vacinação em massa.Eles já deviam saber que havia algo no ar.
Aqui em casa todos pegamos! E pelo menos uma dúzia de conhecidos também.
É um vírus super resistente que te derruba sem dar febre. Faz duas noites que não durmo por causa de uma tosse persistente.Parece que encontrei um xarope que vai resolver as coisas, foi o único que surtiu algum resultado.
Xarope de beterraba, mel, própolis, chá gengibre...nada adiantou.O sabor do Vick é horrível, mas trás muito conforto, é hoje que eu durmo direito.
Se uma gripe dessas chega à uma aldeia distante, longe do contato com a civilização, dizima todo mundo.
E falando nisso:


Mas como tudo de ruim na vida da gente, logo ela vai embora, e logo também deve florescer a cerejeira do meu quintal!

1.7.17

Na minha vida pessoal sou muito crédula, talvez isso favoreça minha altíssima auto estima.
Se você diz que eu sou linda eu acredito!
O que quase causou um incidente diplomático no final de semana passado, em Maringá.Ao sair de um restaurante com minha mãe, o cara metade tinha ido buscar o carro, um rapaz um pouco mais novo que eu se aproximou e disse:
- Com todo respeito, a senhora é muito linda!
Quando o cara metade chegou ele ainda repetiu e perguntou se éramos parentes.
A resposta foi seca e grossa: - Sou o marido dela.
Neste momento eu já estava entrando no carro e achei prudente nem olhar para trás.
Mas valeu, um elogio desses, em qualquer idade, faz bem para o ego e a alma.
Afinal:
A base da alma está dentro, enquanto a base do ego, o referencial, está sempre fora.
A alma vive em constante gratidão e o ego em eterna insatisfação.
O ego nos estressa enquanto a alma nos harmoniza.
A alma é eterna e o ego passageiro.
A alma é sempre plena e o ego é sempre carente.
A alma nos inspira e o ego nos empurra.
A alma sempre apazigua e o ego perturba.
A alma ama e o ego se apaixona.
Ela nos liberta e ele nos aprisiona.
Ela nos projeta para dentro e para o alto e ele nos leva para fora e para baixo.(...)
(Horivaldo Gomes)

Já na minha vida profissional, por conta dos anos de jornalismo, não acredito em quase nada.
Desconfio de praticamente tudo.
Mas quando dizem que sou linda eu acredito!