16.7.18

Hoje acordei um pouco dramática, mas feliz!
Um bocado dolorida também por conta de uma punção na lombar.
Mas vamos em frente que tem mais...

11.7.18

O bom de fazer aniversário são mesmo as mensagens dos amigos e o desejo interno do dever cumprido com excelência.
Ontem uma amiga brincou que cheguei a uma boa idéia, numa referência ao slogan da Caninha 51.
Pensando bem acho que sempre fui uma boa idéia, sou excelente companhia.Dificilmente alguém já me viu de mau humor, isso é raríssimo e o mundo tem de estar prestes a acabar para que eu fique levemente ranzinza.
Gosto dos elogios e votos de aniversário porque sempre desejo o melhor para os outros.Não sou uma pessoa egoísta, tanto que meu melhor presente de aniversário ontem foi a confirmação do resgate dos doze meninos e do técnico de futebol na Tailândia.Na verdade me emocionei...
Eu sou assim, uma verdadeira explosão de emoções, por isso penso que é bom demais conviver comigo!
Agora quero curtir com muito boas vibrações o início dos meus 51 anos!!!

8.7.18

Hoje acordei meio Zé Ramalho...
e ainda fui assistir Hanami, da diretora alemã Doris Dörrie.
Aí é impossível não cair no campo das reflexões.
Vou relaxar, vou prá cozinha produzir algumas coisas!
Tchau



7.7.18

O que aprendemos com nossa ancestralidade russa é a ter coragem diante de qualquer situação adversa ou não confortável.
Tá certo, coragem eu tenho, mas isso não evita alguns raros momentos de fragilidade.Na quinta feira passada eu dei uma escorregada e quase desabei.
Talvez eu não estivesse preparada para receber a notícia de que algo está errado e que provavelmente minha neuropatia periférica sensitiva seja consequência de alguma doença auto imune rara.
Desde junho percebi que a dormência dos meus pés havia piorado, agora são também os tornozelos,  achei que fosse por causa do frio, e assim voltei ao neurologista.Este me encaminhou para um especialista.
Repeti uma eletroneuromiografia e coletei 13 tubinhos de sangue para a realização de mais de 30 exames.Folgo em saber que não tenho algum tipo de Hepatite, Lúpus, Aids, Sífilis, Tuberculose, Reumatismo, Lepra, Doença Celíaca e algumas outras ites e oses.
Continuo com um diagnóstico inconclusivo.
Na próxima sexta feira passarei por uma coleta de liquor para uma busca detalhada por eventuais agentes estranhos que possam estar comprometendo o bom funcionamento dos meus axônios.
Na outra semana uma série de exames chamados Potenciais Evocados, que avaliam as conduções nervosas no corpo humano. Já sei que levarei choques de novo...coisa desagradável, viu?
Mas eu quase desmontei mesmo quando o médico disse que se suas suspeitas forem confirmadas ele terá que entrar com medicação pesada para impedir o avanço do que é que esteja causando a neuropatia, e ressaltou que não será fácil. Ou seja, até compreendi que ele estava tentando me preparar, mas assim, de supetão, a gente toma um choque.
Aí sai do médico, sentei no banco do carro e chorei.Nem sei bem porquê, mas sim porque naquele momento eu estava extremamente frágil.
Hoje já estou bem, animada com a possibilidade de voltar à dirigir, com as mãos.
Quanto à cirurgia que eu teria de fazer, ela vai ter que ser adiada, pelo menos até descobrirmos o que está acontecendo comigo.
Acho que o que mais me incomoda são as incertezas e pelo jeito terei que esperar pelo menos mais um mês por uma resposta mais objetiva.Não está nada fácil, mas como a coragem está no sangue e na mente, pode vir que eu estou preparada!
Perdoem o desabafo, mas era necessário para manter a mente e o coração tranquilos.


Imagem: site Sputinik/Alexey Malgavko   

26.6.18

Junho é sempre um mês agitado por aqui...ainda mais com a Copa do Mundo, que atrapalha um pouco mas eu até que gosto.
É o ópio do povo, a esperança das crianças, num país já tão castigado por corrupção e roubos, que geram desempregos, violência e todo tipo de precariedade.Vira e mexe estou pensando nos menores, seja aqui, na Síria, nos EUA ou onde quer que elas precisem de atenção.
O futebol é importante para muitas delas.Meu coração derrete quando vejo a relação de Cristiano Ronaldo com os pequenos.
E aqui é o país do futebol.Espero, sinceramente, que passemos de fase amanhã.Não por mim, nem por você que está me lendo, mas sim por cada criança que vibra com um gol.
Aqui não cabe julgarmos se é um evento que movimenta milhões, que é todo orientado por estratégias de marketing, pois elas não sabem disso.
A coisa tá ruim, a economia a passos de tartaruga, não importa, deixe seu lado criança se distrair um pouco.
Nem tudo está perdido!!!
Amanhã tem jogo...e eu vou torcer para irmos às finais...


.

11.6.18

Rodrigo Leão, este ano celebrando 25 anos de carreira, e Adriana Calcanhoto

30.5.18

A Bela e a Fera, ou quase isso...

A esfinge

Revesti-me de mistério 
Por ser frágil, 
Pois bem sei que decifrar-me 
É destruir-me. 
No fundo, não me importa
O enigma que proponho.
Por ser mulher e pássaro
E leoa,
Tendo forjado em aço
As minhas garras,
É que se espantam
E se apavoram.
Não me exalto.
Sei que virá o dia das respostas
E profetizo-me clara e desarmada.
E por saber que a morte
É a última chave,
Adivinho-me nas vítimas que estraçalho.

 Myriam Fraga , em "O risco na pele", 1979.

Não sei, honestamente, se alguma vez cheguei a estraçalhar alguém, é possível, embora displicentemente.
Lembrei-me lendo as palavras acima do enigma da esfinge: 'Decifra-me ou te devoro'

“Que criatura pela manhã tem quatro pés, ao meio-dia tem dois, e à tarde tem três? ”

O homem...

E matutando um pouco mais sobre o homem e a criatura e sobre devorarem-se, vou longe no pensamento.
Escuto Mi Manchi e me emociono:

Os noticiários andam me irritando...
É a força da imprensa marrom que me incomoda e o povo também não ajuda.
A repórter está num mercado falando sobre a falta de alimentos perecíveis, mais especificamente frutas e hortaliças.Atrás dela uma banca lotada de maçãs, laranjas, melões e outra com berinjelas, abobrinhas e cebolas.
À primeira vista, vendo tanta fartura, o seu texto me parece um pouco incongruente.
Ela vai em direção a uma terceira banca aonde vemos somente uns 3 repolhos, cebolas e um espaço vazio, e entrevista uma cliente indignada porque está faltando repolho!!!
Juro que eu tento entender e até consigo quando vejo preços extorsivos, mas reclamar que está faltando comida quando só o que não tem no mercado é repolho, chega a ser ofensivo.
Os brasileiros, principalmente os que vivem em cidades da região sudeste, não sabem o que é escassez de alimento.
No Brasil, nem mesmo em tempos de guerra, precisamos viver o pesadelo do racionamento.Se a comida não chega aonde deve chegar a questão é puramente econômica e não um problema de logística ou de produção.
Dando uma olhada nas notícias noto que faltam ovos e batatas doces em Curitiba e em Brasilia os tomates estão em falta. Em Porto Velho, além dos tomates não está nada fácil encontrar batatas, nem repolhos.
Cadê a criatividade nas cozinhas? Ou é mais fácil reclamar?
Aprendi com meus antepassados russos o que é cozinhar com o que se tem.Comeram muita beterraba, repolho, cebola e batata durante os anos mais difíceis para chegar numa iguaria como o caviar.
Se não tem repolho, vamos de abobrinha mesmo.





 

14.5.18

Na última sexta feira li estas 20 frases de Carl Jung que a Josie Conti compilou e fiquei pensando nelas até hoje.
Então vamos colocá-las para fora:

1. “Até que você torne o inconsciente em consciente, aquele irá direcionar a sua vida e você irá chamá-lo de destino.”
Digo que prefiro chamá-lo de destino, é mais poético.

2. “Tudo que nos irrita nos outros pode nos levar a uma compreensão de nós mesmos.”
Concordo plenamente.

3. “A reunião de duas personalidades é como o contato de duas substâncias químicas: se houver alguma reação, ambas são transformadas.”
Vivo tão intensamente que meus contatos sempre geram algum tipo de reação e saímos, eu e o outro,  transformados, em maior ou menor grau.

 4. “Você não se torna iluminado imaginando figuras de luz, mas sim ao tornar a escuridão consciente. Porém, esse procedimento é desagradável, portando, não popular.”
Nunca tive medo da escuridão, é nela que me desafio e recupero minhas forças, intensificando assim minha luz.   

5. “Conhecer a sua própria escuridão é o melhor método para lidar com as trevas das outras pessoas.”
Sim, porque as trevas são sempre mais ou menos parecidas.

6. “Se você é uma pessoa talentosa, isso não significa que você ganhou algo. Significa que você tem algo a oferecer.”
Ou seja, você tem muito a oferecer, mesmo que ainda não tenha se dado conta disso.

7. “Erros são, no final das contas, fundamentos da verdade. Se um homem não sabe o que uma coisa é, já é um avanço saber o que ela não é.”
Tentativa(s) e erro(s) costumam funcionar melhor que um acerto sem fundamentação.

8. “Sua visão se tornará clara somente quando você olhar para o seu próprio coração. Quem olha para fora, sonha; quem olha para dentro, desperta.”
Hoje olho muito mais para dentro do que para fora e mais do que sonhar eu conquisto, eu alcanço, eu realizo.

9. “As pessoas vão fazer qualquer coisa, não importa o quão absurdo, para evitar olharem para suas próprias almas.”
Se soubessem como pode ser libertador não evitariam.Gosto de olhar para dentro, estou sempre encontrando coisas novas!

10. “Solidão não é não ter pessoas ao seu redor, e sim ser incapaz de expressar coisas que parecem importantes, ou de perceber certos pontos de vista que os outros acham inadmissíveis.”
Ao nos expressarmos,verdadeiramente, nem sempre somos compreendidos.Devemos ter paciência para compreendermos as limitações alheias.Em muitos casos devemos somente aguardar. Estamos em níveis de percepção diferentes e isto vive mudando.

11. “A depressão é como uma mulher vestida de preto. Se ela aparecer, não a afaste. Convide-a para entrar, ofereça-lhe um assento, trate-a como uma convidada e ouça o que ela tem a dizer.”
Converse com ela! Se bem que eu só a conheço de vista, ela nunca chegou muito perto.

12. “Um homem que não tenha passado pelo inferno de suas paixões, nunca irá superá-las.”
E morrerá sem ter, efetivamente, vivido.Uma pena!

13. “Sua percepção se tornará clara somente quando você puder olhar para dentro de sua alma.”
Isto já foi dito lá em cima e sim, olhar para dentro da sua alma te fará uma pessoa muito mais consciente de tudo ao seu redor. 

14. “O pêndulo da mente oscila entre sentido e absurdo, não entre certo e errado.”
Afinal nenhuma verdade é absoluta e alguns conceitos são bem elásticos.

15. “O que você resiste, persiste.”
Sem dúvida alguma.

16. “Um sonho é uma pequena porta escondida no santuário mais profundo e mais íntimo da alma, que se abre para a noite cósmica e primordial, que é a alma, muito antes de existir o ego consciente.”
Sonho pouco pois guardo tudo muito bem trancado.E cada vez que sonho vivencio um filme de longa metragem.

17. “Nós podemos pensar que conseguimos controlar totalmente a nós mesmos. No entanto, um amigo pode facilmente revelar algo sobre nós e do qual não temos absolutamente nenhuma ideia.”
E é até bom que isto aconteça.Este controle todo é ilusão. 

18. “Tudo o que diz respeito às outras pessoas que não nos satisfaz, nos ajuda a entender melhor a nós mesmos.”
Na suposta imperfeição do outro eu me corrijo.

19. “Eu não sou o que aconteceu comigo, eu sou o que eu escolhi ser.”
Demorei para entender.O mundo seria muito melhor se todos assumissem suas escolhas e também suas consequências.Cada qual é capitão do seu barco! 

20. “Não se apegue a quem estiver partindo porque assim você não irá conhecer quem estiver chegando.”
O apego é uma desgraça.Só conseguimos evoluir na medida em que vamos deixando para trás aquilo que não nos faz bem.


3.5.18

Gosto do filme, gosto da música e gosto das interpretações abaixo:



Como diz Próspero, em  A Tempestade:

 "Nós somos feitos da matéria de que são feitos os sonhos"

28.4.18

Serviço de utilidade pública


Não se preocupem!
É possível viver (e feliz) com ela.
"Eu queria tanto um abraço seu...ficar em silêncio, assim guardada no seu colo.Sei que, apesar da disfarçada tristeza, você iria me incentivar a tirar a carteira especial como me orientou o neurologista.Você sabe como adoro dirigir!
Me ajudaria, inclusive, a escolher um carro adaptado que funcione somente com comandos nas mãos.Sabia que hoje existe um sistema eletrônico que permite dirigir a partir de uma roda instalada no volante? Iríamos comemorar o meu primeiro passeio com pipoca e guaraná.
Confesso que estou ansiosa: no começo será um tanto estranho não usar mais os pés para acelerar e frear.Não pode ser tão difícil assim, afinal hoje o estado conta com quase 500 mil pessoas habilitadas com algum tipo de deficiência.
Mas vamos por partes, primeiro vou me submeter àquela cirurgia chata no final de junho.Só depois de 30 dias é que posso pensar em dirigir outra vez.
Não se preocupe, estou bem e sigo confiante!"


16.4.18

Certamente tenho particularidades que não encontro normalmente por aí em outras pessoas.
Desenvolvo sentimentos em relação aos lugares e o Alhambra é um dos lugares que me passou uma sensação de profunda tristeza.
No alto do prédio aonde fiquei hospedada por alguns dias em Granada, havia um terraço extremamente agradável.Nas noites quentes batia uma brisa refrescante que nos permitia olhar a cidade de cima por horas e horas. De lá avistava o Alhambra iluminado, tão lindo e tão triste.
Então, conheceu o Alhambra, como ele é?
Sim, ele é lindo, produz fotos maravilhosas, mas não passei da porta.
Por três vezes pensei em entrar e desisti.Olhei de cima, passei do lado, mas não entrei.Todo o complexo, deslumbrante, me passava uma sensação de tristeza, decidi ficar somente com as fotografias alheias.

.

25.3.18

Sempre pensei que a vida seria mais tranquila se não fizesse tantos planos, mas as anos vão passando e percebo que planejamentos são indispensáveis.
Planejei tirar férias em novembro, até aí tudo decidido mas nem tudo resolvido.
Esperava ser operada somente no ano que vem, ou na pior das hipóteses em agosto deste ano.
Aí o médico decide que vamos para cirurgia em junho e me coloca desde já num esquema pré operatório: tenho que fazer uma dieta rica em proteínas com suplementos naturais que aumentam a imunidade, além de exercícios cardio respiratórios.
Entro novamente em compasso de espera.A boa notícia é que depois de setembro estou liberada!
Nesse meio tempo faço duas viagens a trabalho.Bora lá levar os exercícios na mala e cuidar do que vou comer.
Definitivamente essa coisa de ser dona do próprio destino é relativa. 
Ou seja, você é livre, pero no mucho.


12.3.18

Sou fã do Cat Stevens, hoje Yusuf Islam.
Respeito e defendo até o último fio de cabelo seu direito de converter-se ao Islamismo.
Não tenho o direito de opinar sobre a sua fé. 
Além de que, é incontestável que seu talento seja o mesmo depois de anos e anos.
E continuo amando esta música:

24.2.18

Me aconteceu de ter escutado esta música ontem antes de dormir e acordo às 3 da manhã com ela na cabeça.



Sono vem, sono vai, parti para a Netflix e adorei a minha escolha.
Filme bem feitinho com um elenco que eu chamaria de muito gostoso.
O protagonista segue um tipo de jornada do herói: ele tinha um histórico de vida bem ruim e vai procurar redimir seus erros. Aí encontrará dificuldades que o farão questionar a sua decisão.Uma formula padrão mas muito bem conduzida pela equipe que produziu o filme.
As imagens dos pratos são lindas! 
Conclusão: fui dormir quase na hora de acordar.



19.2.18

Em "Mil vezes boa noite" (2013), Juliette Binoche dá um show.
O filme é pesado, tem uma fotografia fantástica e incomoda.Traduz bem a alma guerreira e determinada que muitas mulheres possuem. É um filme de identificações e principalmente de escolhas, muitas vezes nada racionais.Dói.Expõe alguns sentimentos de forma visceral, mostra claramente a força das pulsões de vida e de morte.
Uma frase do Rubem Alves (1990) define bem o que absorvemos de toda a trama: “as pequenas despedidas apenas acordam em nós a consciência de que a vida é uma despedida”.
Eu diria mais...um dia tudo isso acaba!

 

18.2.18

Que mês de fevereiro mais estranho....chuva e frio (21 graus)
Normalmente estaríamos torrando de calor e no final da tarde viria uma chuva rápida e refrescante.
Hoje chove desde manhã!
O jeito é agradecer, uma vez que as previsões para o próximo inverno eram de falta d'água nos reservatórios. Difícil imaginar ser possível tomar chás e sopas com vinho no verão: está sendo deliciosamente fácil!
Confesso estar amando.


16.2.18

Por que eu ainda não tenho candidato para as próximas eleições?
Tem quem pense que sou apolítica, mas na verdade sou mesmo é apartidária.
Simplesmente porque não acredito em partidos como não acredito em igrejas, o que não quer dizer que não acredito em Deus ou em qualquer outra força com qualquer outro nome.
Não acredito na personificação das coisas e no endeusamento de pessoas.
Acredito nos exemplos, nas ações e nos conceitos, principalmente de igualdade, liberdade e fraternidade.E em alguns outros tantos também.
Os candidatos a nossos representantes políticos estão muito longe daquilo que considero melhor para mim, para os meus e para todos.
Estamos num jogo de xadrez aonde o rei e a rainha, que teoricamente nos representam, são praticamente inatingíveis, entretanto os peões são os primeiros a morrer. Não sou peão, tenho uma vida, produzo, tenho consciência e minhas atitudes podem influenciar o próximo.
Antes de votarem façam uma reflexão pessoal.
Quais os exemplos você anda compartilhando por aí? Você se considera uma pessoa justa ou pelo menos gentil? Você é capaz de perceber quando a necessidade do outro é maior do que a sua?


Não se limitem a ler apenas a bíblia ou Marx, leiam também Rousseau, Maquiavel, Locke, Kant, Montesquieu, Santo Agostinho, Voltaire ou Kierkegaard. Escutem as ruas, os ditados populares e mais histórias de vida.
 Desafiem suas consciências.
Desconfiem dos discursos esteriotipados.
Não serão eles, nossos supostos representantes, mas nós que modificaremos o mundo.
Parece utopia, mas não é. Exercitem, comecem com exemplos em casa, entre os amigos e depois ampliem para toda e qualquer pessoa que vocês encontrem pelo caminho.
Defendam aquilo no que acreditam. Sejam livre e deixem que os outros sejam também, defendam os direitos de ir e vir de todo cidadão de bem.Vocês não são melhores ou piores do que os outros por causa de uma cor de pele ou de uma posição econômica, cultural ou social.
Sejam fraternos, o que não quer dizer que devem amar a todos indiscriminadamente, tem muita gente por aí que é melhor deixar prá lá.E mesmo assim ainda sobra um montão que vale a pena.
Ou seja, não acredito que uma eleição possa mudar o mundo que eu não reconheço como, pelo menos, próximo do ideal. Mas a minha atitude, como a sua e a de todos os outros pode fazer diferença.
Mais do que escolher um candidato, o importante é escolher como queremos viver.
Pronto, desabafei!

11.2.18

Esmeralda Caroline van der Leeuw, conhecida como Caro Emerald, é uma cantora e tanto.
Posso escutá-la por horas e horas.
Este ano o feriado de Carnaval está me chamando para outros tons e acordes.
A preguiça é um pecado até que bem interessante!
Andei tão pilhada, mas tão pilhada que o ócio hoje me cai como uma benção. Se bem que o dia está lindo lá fora, mas logo mais irei para cozinha fazer some experiences...



Só porque eu amo uma faixa bônus:

8.2.18

Amo pontes, desde menina!
Como também amo navegar.Tanto que me prometi navegar este ano, sem falta.
Pensando cá com meus botões, talvez pontes sejam referências para quem está navegando, assim como faróis.
Descobri semana passada que precisarei passar por uma cirurgia de médio porte e que a recuperação, bem chatinha, levará uns 30 dias.
Aí disse para o médico:
- Mas este ano planejo navegar...posso operar no ano que vem?
A resposta dele foi:
- Veremos! Talvez eu te opere antes.
Volte em maio e veremos. Vou te acompanhar a cada três meses.
Se eu te operar em agosto, novembro você pode navegar tranquila!
Saindo do consultório procurei uma ponte mas não encontrei.
Foi uma noite difícil e silenciosa.
Pensei em tantas coisas que me perdi nas minhas próprias lembranças.
Mas acordei confiante e conformada: o que tiver que ser será
E sim, vou navegar em novembro.