14.5.18

Na última sexta feira li estas 20 frases de Carl Jung que a Josie Conti compilou e fiquei pensando nelas até hoje.
Então vamos colocá-las para fora:

1. “Até que você torne o inconsciente em consciente, aquele irá direcionar a sua vida e você irá chamá-lo de destino.”
Digo que prefiro chamá-lo de destino, é mais poético.

2. “Tudo que nos irrita nos outros pode nos levar a uma compreensão de nós mesmos.”
Concordo plenamente.

3. “A reunião de duas personalidades é como o contato de duas substâncias químicas: se houver alguma reação, ambas são transformadas.”
Vivo tão intensamente que meus contatos sempre geram algum tipo de reação e saímos, eu e o outro,  transformados, em maior ou menor grau.

 4. “Você não se torna iluminado imaginando figuras de luz, mas sim ao tornar a escuridão consciente. Porém, esse procedimento é desagradável, portando, não popular.”
Nunca tive medo da escuridão, é nela que me desafio e recupero minhas forças, intensificando assim minha luz.   

5. “Conhecer a sua própria escuridão é o melhor método para lidar com as trevas das outras pessoas.”
Sim, porque as trevas são sempre mais ou menos parecidas.

6. “Se você é uma pessoa talentosa, isso não significa que você ganhou algo. Significa que você tem algo a oferecer.”
Ou seja, você tem muito a oferecer, mesmo que ainda não tenha se dado conta disso.

7. “Erros são, no final das contas, fundamentos da verdade. Se um homem não sabe o que uma coisa é, já é um avanço saber o que ela não é.”
Tentativa(s) e erro(s) costumam funcionar melhor que um acerto sem fundamentação.

8. “Sua visão se tornará clara somente quando você olhar para o seu próprio coração. Quem olha para fora, sonha; quem olha para dentro, desperta.”
Hoje olho muito mais para dentro do que para fora e mais do que sonhar eu conquisto, eu alcanço, eu realizo.

9. “As pessoas vão fazer qualquer coisa, não importa o quão absurdo, para evitar olharem para suas próprias almas.”
Se soubessem como pode ser libertador não evitariam.Gosto de olhar para dentro, estou sempre encontrando coisas novas!

10. “Solidão não é não ter pessoas ao seu redor, e sim ser incapaz de expressar coisas que parecem importantes, ou de perceber certos pontos de vista que os outros acham inadmissíveis.”
Ao nos expressarmos,verdadeiramente, nem sempre somos compreendidos.Devemos ter paciência para compreendermos as limitações alheias.Em muitos casos devemos somente aguardar. Estamos em níveis de percepção diferentes e isto vive mudando.

11. “A depressão é como uma mulher vestida de preto. Se ela aparecer, não a afaste. Convide-a para entrar, ofereça-lhe um assento, trate-a como uma convidada e ouça o que ela tem a dizer.”
Converse com ela! Se bem que eu só a conheço de vista, ela nunca chegou muito perto.

12. “Um homem que não tenha passado pelo inferno de suas paixões, nunca irá superá-las.”
E morrerá sem ter, efetivamente, vivido.Uma pena!

13. “Sua percepção se tornará clara somente quando você puder olhar para dentro de sua alma.”
Isto já foi dito lá em cima e sim, olhar para dentro da sua alma te fará uma pessoa muito mais consciente de tudo ao seu redor. 

14. “O pêndulo da mente oscila entre sentido e absurdo, não entre certo e errado.”
Afinal nenhuma verdade é absoluta e alguns conceitos são bem elásticos.

15. “O que você resiste, persiste.”
Sem dúvida alguma.

16. “Um sonho é uma pequena porta escondida no santuário mais profundo e mais íntimo da alma, que se abre para a noite cósmica e primordial, que é a alma, muito antes de existir o ego consciente.”
Sonho pouco pois guardo tudo muito bem trancado.E cada vez que sonho vivencio um filme de longa metragem.

17. “Nós podemos pensar que conseguimos controlar totalmente a nós mesmos. No entanto, um amigo pode facilmente revelar algo sobre nós e do qual não temos absolutamente nenhuma ideia.”
E é até bom que isto aconteça.Este controle todo é ilusão. 

18. “Tudo o que diz respeito às outras pessoas que não nos satisfaz, nos ajuda a entender melhor a nós mesmos.”
Na suposta imperfeição do outro eu me corrijo.

19. “Eu não sou o que aconteceu comigo, eu sou o que eu escolhi ser.”
Demorei para entender.O mundo seria muito melhor se todos assumissem suas escolhas e também suas consequências.Cada qual é capitão do seu barco! 

20. “Não se apegue a quem estiver partindo porque assim você não irá conhecer quem estiver chegando.”
O apego é uma desgraça.Só conseguimos evoluir na medida em que vamos deixando para trás aquilo que não nos faz bem.


3.5.18

Gosto do filme, gosto da música e gosto das interpretações abaixo:



Como diz Próspero, em  A Tempestade:

 "Nós somos feitos da matéria de que são feitos os sonhos"

28.4.18

Serviço de utilidade pública


Não se preocupem!
É possível viver (e feliz) com ela.
"Eu queria tanto um abraço seu...ficar em silêncio, assim guardada no seu colo.Sei que, apesar da disfarçada tristeza, você iria me incentivar a tirar a carteira especial como me orientou o neurologista.Você sabe como adoro dirigir!
Me ajudaria, inclusive, a escolher um carro adaptado que funcione somente com comandos nas mãos.Sabia que hoje existe um sistema eletrônico que permite dirigir a partir de uma roda instalada no volante? Iríamos comemorar o meu primeiro passeio com pipoca e guaraná.
Confesso que estou ansiosa: no começo será um tanto estranho não usar mais os pés para acelerar e frear.Não pode ser tão difícil assim, afinal hoje o estado conta com quase 500 mil pessoas habilitadas com algum tipo de deficiência.
Mas vamos por partes, primeiro vou me submeter àquela cirurgia chata no final de junho.Só depois de 30 dias é que posso pensar em dirigir outra vez.
Não se preocupe, estou bem e sigo confiante!"


16.4.18

Certamente tenho particularidades que não encontro normalmente por aí em outras pessoas.
Desenvolvo sentimentos em relação aos lugares e o Alhambra é um dos lugares que me passou uma sensação de profunda tristeza.
No alto do prédio aonde fiquei hospedada por alguns dias em Granada, havia um terraço extremamente agradável.Nas noites quentes batia uma brisa refrescante que nos permitia olhar a cidade de cima por horas e horas. De lá avistava o Alhambra iluminado, tão lindo e tão triste.
Então, conheceu o Alhambra, como ele é?
Sim, ele é lindo, produz fotos maravilhosas, mas não passei da porta.
Por três vezes pensei em entrar e desisti.Olhei de cima, passei do lado, mas não entrei.Todo o complexo, deslumbrante, me passava uma sensação de tristeza, decidi ficar somente com as fotografias alheias.

.

25.3.18

Sempre pensei que a vida seria mais tranquila se não fizesse tantos planos, mas as anos vão passando e percebo que planejamentos são indispensáveis.
Planejei tirar férias em novembro, até aí tudo decidido mas nem tudo resolvido.
Esperava ser operada somente no ano que vem, ou na pior das hipóteses em agosto deste ano.
Aí o médico decide que vamos para cirurgia em junho e me coloca desde já num esquema pré operatório: tenho que fazer uma dieta rica em proteínas com suplementos naturais que aumentam a imunidade, além de exercícios cardio respiratórios.
Entro novamente em compasso de espera.A boa notícia é que depois de setembro estou liberada!
Nesse meio tempo faço duas viagens a trabalho.Bora lá levar os exercícios na mala e cuidar do que vou comer.
Definitivamente essa coisa de ser dona do próprio destino é relativa. 
Ou seja, você é livre, pero no mucho.


12.3.18

Sou fã do Cat Stevens, hoje Yusuf Islam.
Respeito e defendo até o último fio de cabelo seu direito de converter-se ao Islamismo.
Não tenho o direito de opinar sobre a sua fé. 
Além de que, é incontestável que seu talento seja o mesmo depois de anos e anos.
E continuo amando esta música:

24.2.18

Me aconteceu de ter escutado esta música ontem antes de dormir e acordo às 3 da manhã com ela na cabeça.



Sono vem, sono vai, parti para a Netflix e adorei a minha escolha.
Filme bem feitinho com um elenco que eu chamaria de muito gostoso.
O protagonista segue um tipo de jornada do herói: ele tinha um histórico de vida bem ruim e vai procurar redimir seus erros. Aí encontrará dificuldades que o farão questionar a sua decisão.Uma formula padrão mas muito bem conduzida pela equipe que produziu o filme.
As imagens dos pratos são lindas! 
Conclusão: fui dormir quase na hora de acordar.



19.2.18

Em "Mil vezes boa noite" (2013), Juliette Binoche dá um show.
O filme é pesado, tem uma fotografia fantástica e incomoda.Traduz bem a alma guerreira e determinada que muitas mulheres possuem. É um filme de identificações e principalmente de escolhas, muitas vezes nada racionais.Dói.Expõe alguns sentimentos de forma visceral, mostra claramente a força das pulsões de vida e de morte.
Uma frase do Rubem Alves (1990) define bem o que absorvemos de toda a trama: “as pequenas despedidas apenas acordam em nós a consciência de que a vida é uma despedida”.
Eu diria mais...um dia tudo isso acaba!

 

18.2.18

Que mês de fevereiro mais estranho....chuva e frio (21 graus)
Normalmente estaríamos torrando de calor e no final da tarde viria uma chuva rápida e refrescante.
Hoje chove desde manhã!
O jeito é agradecer, uma vez que as previsões para o próximo inverno eram de falta d'água nos reservatórios. Difícil imaginar ser possível tomar chás e sopas com vinho no verão: está sendo deliciosamente fácil!
Confesso estar amando.


16.2.18

Por que eu ainda não tenho candidato para as próximas eleições?
Tem quem pense que sou apolítica, mas na verdade sou mesmo é apartidária.
Simplesmente porque não acredito em partidos como não acredito em igrejas, o que não quer dizer que não acredito em Deus ou em qualquer outra força com qualquer outro nome.
Não acredito na personificação das coisas e no endeusamento de pessoas.
Acredito nos exemplos, nas ações e nos conceitos, principalmente de igualdade, liberdade e fraternidade.E em alguns outros tantos também.
Os candidatos a nossos representantes políticos estão muito longe daquilo que considero melhor para mim, para os meus e para todos.
Estamos num jogo de xadrez aonde o rei e a rainha, que teoricamente nos representam, são praticamente inatingíveis, entretanto os peões são os primeiros a morrer. Não sou peão, tenho uma vida, produzo, tenho consciência e minhas atitudes podem influenciar o próximo.
Antes de votarem façam uma reflexão pessoal.
Quais os exemplos você anda compartilhando por aí? Você se considera uma pessoa justa ou pelo menos gentil? Você é capaz de perceber quando a necessidade do outro é maior do que a sua?


Não se limitem a ler apenas a bíblia ou Marx, leiam também Rousseau, Maquiavel, Locke, Kant, Montesquieu, Santo Agostinho, Voltaire ou Kierkegaard. Escutem as ruas, os ditados populares e mais histórias de vida.
 Desafiem suas consciências.
Desconfiem dos discursos esteriotipados.
Não serão eles, nossos supostos representantes, mas nós que modificaremos o mundo.
Parece utopia, mas não é. Exercitem, comecem com exemplos em casa, entre os amigos e depois ampliem para toda e qualquer pessoa que vocês encontrem pelo caminho.
Defendam aquilo no que acreditam. Sejam livre e deixem que os outros sejam também, defendam os direitos de ir e vir de todo cidadão de bem.Vocês não são melhores ou piores do que os outros por causa de uma cor de pele ou de uma posição econômica, cultural ou social.
Sejam fraternos, o que não quer dizer que devem amar a todos indiscriminadamente, tem muita gente por aí que é melhor deixar prá lá.E mesmo assim ainda sobra um montão que vale a pena.
Ou seja, não acredito que uma eleição possa mudar o mundo que eu não reconheço como, pelo menos, próximo do ideal. Mas a minha atitude, como a sua e a de todos os outros pode fazer diferença.
Mais do que escolher um candidato, o importante é escolher como queremos viver.
Pronto, desabafei!

11.2.18

Esmeralda Caroline van der Leeuw, conhecida como Caro Emerald, é uma cantora e tanto.
Posso escutá-la por horas e horas.
Este ano o feriado de Carnaval está me chamando para outros tons e acordes.
A preguiça é um pecado até que bem interessante!
Andei tão pilhada, mas tão pilhada que o ócio hoje me cai como uma benção. Se bem que o dia está lindo lá fora, mas logo mais irei para cozinha fazer some experiences...



Só porque eu amo uma faixa bônus:

8.2.18

Amo pontes, desde menina!
Como também amo navegar.Tanto que me prometi navegar este ano, sem falta.
Pensando cá com meus botões, talvez pontes sejam referências para quem está navegando, assim como faróis.
Descobri semana passada que precisarei passar por uma cirurgia de médio porte e que a recuperação, bem chatinha, levará uns 30 dias.
Aí disse para o médico:
- Mas este ano planejo navegar...posso operar no ano que vem?
A resposta dele foi:
- Veremos! Talvez eu te opere antes.
Volte em maio e veremos. Vou te acompanhar a cada três meses.
Se eu te operar em agosto, novembro você pode navegar tranquila!
Saindo do consultório procurei uma ponte mas não encontrei.
Foi uma noite difícil e silenciosa.
Pensei em tantas coisas que me perdi nas minhas próprias lembranças.
Mas acordei confiante e conformada: o que tiver que ser será
E sim, vou navegar em novembro.

31.1.18

Escutei muito Cat Stevens por volta dos meus 17 anos. De alguma forma esta música sempre me colocava para cima quando eu decidia partir. Afinal, um coração jovem, cheio de sonhos, dificilmente fica preso.Era muito mais do que não querer se deixar ficar.
Eu queria experimentar este mundo selvagem!
Algumas vezes, confesso, me doeu partir mas o mundo aí fora era tão grande que um grande amor talvez pudesse esperar.Se parti corações, peço perdão, não era a intenção.
Eu era uma menina e queria aproveitar a liberdade que a vida e a minha família me proporcionavam.
Fiz muitos amigos por onde passei, o sorriso doce e a empatia sempre foram o meu forte.
Não que eu sorria muito, aliás sou uma pessoa bem reservada. 
Mas o lado bom das pessoas sempre me faz sorrir.
Tive sorte, encontrei boas pessoas por aí.
E apesar dos passos mais lentos, me considero uma pessoa privilegiada, pois continuo encontrando boas almas neste mundo tão perturbado, tão selvagem.

28.1.18

My five o'clock tea

Eu rodo, rodo, rodo e acabo não indo para os lugares que mais desejo visitar...como a Patagônia e a Grã Bretanha...mas deve existir um sentido para isto!
Quem sabe me aposentarei em um destes lugares...nunca se sabe.O que mais me liga a eles não é tanto a cultura, tampouco o povo, mas a natureza.
Sou tão dependente dela, estamos intimamente ligadas.
Quanto mais envelheço mais sinto seu poder transformador.
E os homens, tolos, seguem tentando destruí-la.
Não sabem de nada...
Enquanto isso escutem essa música gostosinha do Sir Rod Stewart.

The Tempest

“Somos dessa matéria de que os sonhos são feitos." (A Tempestade)

Frase da minha obra favorita de Shakespeare
Porque a vida é composta por amor, inveja, soberba, ingenuidade, sedução, esperança, maldade, raiva, poder, beleza, vingança, compaixão, egoísmo e um desejo intenso de liberdade, entre outras questões.
Mas sem a fantasia a os sonhos fica praticamente impossível sobrevivermos!

22.1.18

Outro dia li uma frase sobre voar, atribuída a Mia Couto, e sempre que me lembro dela sorrio e me orgulho dos meus últimos voos.Eu diria que ando praticando um bocado!
Passei o ano passado quase todo acomodada numa concha.Em setembro conheci uma médica que fazia sessões de regressões.Agendei quatro e acabei fazendo somente três.O processo foi mais que eficiente e eu diria que fez o efeito de uma implosão em mim.
Estou vivendo muito bem, leve e decidida.Só aí me dei conta de quanta falta eu me fazia.
Na quinta feira passada, durante a sessão de fisioterapia, senti a sola do pé direito pela primeira vez em muitos meses.
Não é milagre, são os novos voos que ando praticando, que implica na mudança de hábitos, alimentação e sobretudo pensamentos.


Parafraseando Fernando Pessoas: "Tudo é possível quando a alma não é pequena."
Minha alma anda gigante.E gigante assim ela vai absorvendo tudo ao redor.



Aí o que primeiro me chamou a atenção nesta música foi o título: Perfect Shimphony.
Resolvi escutá-la e me surpreendi com a letra, afinal Ed Sheeran tem somente 26 anos de idade. Como romântica inveterada, só podia gostar, não é?
Sim...mas aí entrou a sonoridade e familiaridade com a língua italiana.
Mi piace molto!

9.1.18


Estou mais para o universo numa gota d'água do que num casca de noz.
Não é nada contra Stephen Hawking, é que meu ambiente é mais fluído.
Mas concordo quando ele diz:
" A busca por descobertas estimula nossa criatividade em todos os campos, não apenas na ciência. Se chegássemos ao fim da linha, o espírito humano feneceria e morreria. Mas acho que nunca vamos ficar estagnados: devemos crescer em complexidade, quando não em profundidade, e seremos sempre o centro de um horizonte de possibilidades em expansão."
Seja na água, na terra, no ar... ou numa gota d'água.
“Overflowing” - fotografia de Hope Carter.


Li outro dia por aí e achei tão bonito:

"Não preciso saber a tua idade...
nem onde mora ou com o que trabalha.
Quero saber da sua relação com as estrelas;
o quanto de cura tem no teu sorriso
e se há Amor na tua fala."

Sinto falta, principalmente, de amor na fala das pessoas.
Estou um pouco cansada de frases prontas...tem uma pessoa que sempre que me encontra diz:
- Ah...eu gosto tanto de você!
Mas é tão frio, tão artificial, tão no automático, que eu mal consigo reagir.No começo eu me animava e reagia euforicamente, mas ultimamente eu esboço, no máximo, um sorriso amarelo.Não consigo mais que isso porque sei que a fala não é sincera.A pessoa nunca me pergunta como estou, não me convida para um café, um bate papo ou mesmo para sentarmos no banco da praça e vermos a vida passar.Não quer saber se eu sofri quando perdi meu pai, não aquilata o que significa para mim ainda não conseguir dirigir, não pensa na falta que o movimento dos pés me faz.Nunca me perguntou como é tocar o chão e não sentí-lo.
Um dia ainda pergunto:
- O quanto é este tanto que você diz que gosta de mim?
Se for pouco, eu passo.Não estou aqui para migalhas, nunca fui disso.Gosto de tudo muito e mais ainda de gente sincera.
Em contrapartida existem outras pessoas, que apesar de vê-las pouco, transbordam alegria quando nos encontramos.
Aí nem é preciso dizer:
- Ah...eu gosto tanto de você!
Porque o amor e a amizade não cabem em uma ou duas palavras, mas sim numa conversa inteira.É a forma como compreendo o que o outro está querendo dizer.É o quanto me coloco no lugar dele.É o amor de verdade que a gente sente saindo da boca da pessoa em cada palavra, em cada pausa, em cada ponto.Neste final de ano tive alguns encontros assim, o que me fez querer dar uma separada no joio do trigo.Não sei bem se sou joio ou se sou trigo, mas só quero ao meu lado quem sabe amar as pessoas como a si mesmas.
Funcionou, porque consegui não encontrar a tal pessoa que sempre diz:
- Ah...eu gosto tanto de você!
Desta vez, passei!

     

2.1.18

Ainda acredito em Peace, Love and Understand. Esta fórmula não pode estar errada...

O que eu gosto desse video não está escrito em lugar algum, nem mesmo nas estrelas lá dos recônditos do firmamento.



Como boa selenita passo horas olhando para o céu buscando palavras e estrelas.
Não é sempre que aparecem, mas sou teimosa e sigo assim: mais guardando do que confessando.
Falo de coisas bonitas, de amor, esperança, resiliência...conto histórias prá lá de interessantes com um repertório de dar inveja a Sherazade.
Eu abraço, conforto, compartilho, mas pouco falo do que me vai lá dentro da alma.
Only God Knows...

E lembro sempre de Quintana:
"Se as coisas são inatingíveis... ora!
Não é motivo para não querê-las...
Que tristes os caminhos, se não fora
A presença distante das estrelas!"

A vida pode não me dar tudo o que quero, carrego um cesto de desejos utópicos, mas faço o melhor que posso com o que ela me dá.