19.8.09

Meu querido melhorou e amanhã ele deve continuar em repouso e eu volto ao trabalho. Assim encerra-se o festival gastronômico que teve início na manhã de ontem. Hoje fiz mais molho de tomates, salada de frutas, bolo de maça (a receita está em algum post aí abaixo) e a minha inesquecível (Santa modéstia, Batman!) lasanha. E eu digo inesquecível com propriedade, uma vez que a minha bateu a da sogra. Certa vez, lá nos anos 90, estando todos reunidos na chácara dos sogros, alguém sugeriu que fizéssemos uma lasanha. Eu me habilitei. Comprados todos os ingredientes pus as mãos à obra.O resultado é que até hoje falam da famosa lasanha. E hoje, meu pai sabendo que eu estava preparando-a, já me convidou para prepará-la na casa dele no feriado de 7 de setembro. Mas lá é diferente, fazemos até a massa, esticada no cilindro. Aí aproveito o embalo e já faço em quantidade para congelar.Para quem interessar aí vai a receita da lasanha, com a massa já pronta:
Aproximadamente 500 gr de massa pré cozida (ou 300 gr daquela que vai crua direto ao forno)
500gr de carne moída temperada e refogada
molho branco feito com um litro de leite
1 litro de molho de tomate natural (daquele que faço em casa)
250gr de presunto cozido
250gr de muzzarella
um pouco de parmesão para gratinar
Misturo o molho de tomate à carne refogada e passo para a montagem alternando camadas de molho com carne, massa, molho branco, presunto, muzzarella,molho de carne e tudo outra vez, finalizando com massa, molho branco e queijo parmesão. Na verdade, massa vai pouco e acho que é o recheio que faz a diferença.
Eu ainda faço uma versão com camadas de beringela fatiada bem fininha só com sal, que eu coloco entre a muzzarella e o molho de carne.Mas essa meu filho não gosta muito :o)
Molho de tomate natural:
Coloco 2 quilos de tomates limpos e cortados em 4 partes para ferver. Não precisa de água, que o tomate faz. Daí, quando o tomate estiver bem mole, já quase desmanchando apago o fogo e deixo esfriar um pouco. Aí então bato no liquidificador, passo na peneira e depois volto para panela. Deixo cozinhar em fogo baixo, com uma colher de chá de sal, até encorpar. Aqui os tomates não costumam ser muito ácidos, então nem preciso adicionar açucar para corrigir a acidez. Eu até prefiro não usar açucar.

2 comentários:

Luci disse...

ai que delícia, tb amo fazer o molho naturebs, coisa de família pelo jeito, rsrs... só que eu bato no mix ao invés de bater no liquidificador, justamente para deixar uns pedacinhos perdidos no meio da bagunça!
Estou babando só de pensar na sua lasanha! O baixinho (altinho!) deve ter se lambuzado!

Turmalina disse...

Sis, depois que eu fizer a massa, no feriado, eu te ligo prá ver se a gente consegue marcar de virem aqui :o)