29.8.09

Ainda bem que não sou dada à radicalismos, rompantes, sim, radicalismos alimentares, não.
Logo cedo fui acordada com um sanduíche de queijo fresco quente direto da padaria.O cara metade levou o filho à escola, por causa da H1N1 estão repondo aulas aos sábados, e me trouxe de café da manhã essa iguaria que eu gosto muito.
Na hora do almoço, na correria para o aniversário da tarde, apelamos para o Burger King, que tem um sanduíche um pouquinho mais "saudável" que o concorrente.É o que dizem, fecho os olhos e corro prô abraço. Nessas horas minhas células tão bem tratadas com grãos integrais, saladas e frutas entram em colapso.Se fosse só isso tava bom, mas a maratona junkie food não parou por aí.
Fomos para a festinha infantil e a minha noite terminou com um saldo de pelo menos uma dúzia de mini salgadinhos fritos na hora. Do tipo bolinha de queijo, risoles de milho com catupiry e coxinha de galinha.Mas resisti bem ao bolo e aos docinhos, provei somente um beijinho.
Beijo, beijinho, beijão, à isso eu não resisto.E beijo e abraço dos pequenos, então? Foi uma tarde muito gostosa, um tipo pic nic, num lugar bem verde e cercado de lagos. Eu moro em contato direto com a natureza, mas um contato diferente é sempre muito agradável.
Ah...a todos os pequenos prazeres que a natureza me concede, eu sou grata!

3 comentários:

Giane disse...

E Gratidão é só uma faceta desse diamante tão rico e brilhante que é o Amor.

Beijos mil e continue levando a Vida sem radicalismos, Turmalina!!!

Veroca disse...

E a sobrinha,aquela que te vê já uma princesa pronta, ficou feliz? Porque você, pelo visto, adorou. bj

Turmalina disse...

Gi: ás vezes acho que levo a vida muito na flauta, mas enfim, vamos ver no que vai dar :o)
Veroca: Minha borboletinha adorou!!!