7.10.07

Oh, Santa Protetora das Gorduchas Fofas e Felizes...estou só o pó...pufff...pufff..pufffffff...
Ontem à noite perdi o encontro com a Fal e nossas amigas queridas, viu Mani! :o(
Mas é que o cara metade marcou pizza em casa.Também quem mandou eu concordar com o forno à lenha na varanda aqui da roça.Agora sempre que dá a casa fica cheia e aquele aroma napolitano invade a casa toda.Desta vez usei a receita de massa da Bráz Pizzaria, encontrada no livro BRAZ PIZZA TRADICIONAL de Saul Galvão (uma excelente dica para presente de Natal) .

Massa para forno à lenha

Ingredientes:
60g de fermento biológico
1 col. (sopa) de açúcar
50 ml de de azeite de oliva extra virgem
2 col. (sopa) de sal
650 ml de água mineral em temperatura ambiente
1,25o kg de farinha de trigo

Preparo:
Coloque o fermento e o açúcar numa tigela e deixe amolecer. Junte o azeite e o sal e adicione a água.Incorpore a farinha aos poucos, mexendo com uma da mãos. São necessários de 10 a 15 minutos para incorporar toda a farinha. No começo, temos uma mistura líquida, que engrossa aos poucos. O trabalho da mão vai ficando cada vez mais difícil e pesado. A massa gruda na mão, e parece até que não vai dar para absorver tanta farinha.Continue trabalhando com a ponta dos dedos até a massa começar a se soltar da mão. Depois, trabalhe com as 2 mãos até conseguir uma massa homogênea e lisa. Amasse a massa com certa delicadeza, com a base das mãos, sem sová-la. Massa gosta de carinho, não de tortura. Quando a massa estiver lisa, no ponto, coloque numa tigela, cubra com um pano e deixe descansar durante 1 hora, ou até dobrar de tamanho. Divida a massa em 4 bolas e deixe descansar mais meia hora em temperatura ambiente.
Rendimento: 4 pizzas grandes

O molho também é importantíssimo.Nada de molho pronto ou cozido.
Esta receita é minha.
Coloque no liquidificador:
6 tomates maduros picados em 4 e já sem as sementes
4 colheres (sopa) de azeite
1 dente de alho
sal e orégano à gosto
Não precisa bater muito, só o suficiente para desmanchar os tomates. E está pronto!

Opções de recheio: beringela com cobertura de queijo, atum ou milho com catupiry.

De sobremesa fizemos pizza de goiabada com catupiry que eu servi com sorvete crocante. Foi de comer rezando... A noite foi longa e deliciosa. Ri tanto que meu trigêmeo voltou à dar sinais de vida.Mas faria tudo outra vez!!! Se bem que quem me conhece sabe que não sou dada à arrependimentos :o)

Hoje cedo fiquei mais tempo na cama e aproveitei para assistir "Apocalypto" do Mel Gibson. Particularmente eu não gosto do trabalho de Gibson como diretor. Ele faz o tipo de cinema muito explícito e de violência extrema que eu não gosto. Também não gosto da forma como ele traduz as outras culturas.Fica a impressão de inferioridade, muito implicitamente, como se só o homem branco tivesse virtudes.Mas tenho de convir que é um show de direção. A movimentação de câmera é perfeita. A fotografia primorosa. Algumas vezes o filme me lembrou Rapa Nui (1994).
E em outras eu quase fechei os olhos...rs...
É verdadeiramente visceral como escreveu Francisco Mendes do Blog Pasmos Filtrados.
O jovem ator Rudy Youngblood dá um show como o protagonista Jaguar Paw.Ele cresce durante o filme conforme a necessidade do seu personagem.Vale a pena assistir, mas já sabendo de antemão que é um filme violento.

Um comentário:

Luci do 71 disse...

INACREDITÁVEL"

ESTOU ANOTANDO NO MEU CADERNITCHO!

Sis, estava eu procurando no google receitas com abobrinha para o george foreman e eis que dou de cara com seu blog ahahahaha, eita mundo virtual pequeno!
hoje (último dia de férias) estou com a mão na massa, já fiz molho de tomate, temperei ricota, fiz uma carne de panela e por aí vai... empolgadíssima esquentando a barriga no fogão eheheh...

AGORA vou tomar nota da massa da pizza, mas vc ein!

beijos ursos"