26.3.12

Até que enfim um final de semana como os anteriores.No sábado à noite vieram uns amigos em casa e jogamos baralho até tarde.No domingo saímos cedo, não eram nem sete horas.Rumamos para um lugar lindo, cheio de lagos aonde os meninos foram pescar.O lugar é enorme e super limpo, a grama bem cortada e um serviço de primeira.É só chegar, colocar sua cadeirinha lá e apreciar o contato com a natureza.Levei três livros e não li nenhum, a natureza ao redor era rica demais.Pássaros, patos, peixes, árvores, arbustos, flores e poucas pessoas. Chegamos às 8 da manhã e ficamos até as 4 da tarde.Voltei renovada e pretendo repetir o programa.Afinal não é sempre que podemos estar em lugares aonde o tempo parece andar mais devagar.

4 comentários:

Blondewithaphd disse...

Bem que também me apetecia... (suspiro)

George Sand disse...

Às vezes não precisamos de palavras para ler. A natureza, lê-se por si e dá-se a ler, por si.

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

É tão relaxante esse convívio!Mas só encontro verdadeiramente essa paz num sítio que você sabe qual é...

Turmalina disse...

Blonde...venha que te levo lá :o)

G.S...a imagem diz tudo, não é? E fico indignada com pessoas que teimam em desrespeitá-la :o)

Carlos...um dia ainda chego lá, mas de carro e com tempo para ficar :o)