18.1.12


O mar é lindamente azul e descobri que meu coração também, embora muitos possam jurar que ele é cor de rosa.Me deixo levar pelo balanço das ondas, num embalo nem sempre suave, mas sempre acolhedor. É sobre o mar que sinto a segurança que muitas vezes não encontro em terra firme.E em noites claras o oceano se releva ainda mais surpreendente.Se eu pudesse levaria a vida navegando!
Peço aos mares que, antes que seja tarde, navegando eu chegue na Argentina e de lá, através de seus lagos, alcance El Calafate, assim como fez um dia Francisco Pascasio Moreno.
E deixa eu voltar para a realidade que o dia hoje já começou quente e deve terminar fervendo...

4 comentários:

Lucia Luz disse...

Eita coisa boa....
Um beijinho

Lucia

George Sand disse...

Gosto das cores do coração.
Cores de todos os matizes...
porque não?!

Turmalina disse...

Lucia...é bom demais!!!!! Beijos

Turmalina disse...

GS, sou um pouco de todas as cores, mas ultimamente ando azulzinha, azulzinha...beijos coloridos