18.10.11

Li lá no tal do FB que hoje é comemorado o Dia do Médico.
Quase fui uma, cheguei até a instrumentar por quase um ano inteiro.Passei na primeira fase da Unicamp e fiquei na fila de espera da segunda.Eram 80 pessoas na minha frente... Depois optei por continuar no jornalismo mesmo e não me arrependo.Se eu tivesse sido médica provavelmente tava embrenhada em algum canto necessitado do planeta.E minha vida teria tomado rumos bem diferentes.


Na época diziam que eu tinha de fazer uma escolha.Hoje vejo que eu poderia ter optado por fazer mais de uma.Mas enfim, acho bobagem ficar olhando para trás quando tenho um mundo inteiro pela frente. Só parei uns minutinhos por aqui hoje para desejar parabéns a todos aqueles que optaram por cuidar e salvar vidas.



Eles estão lá e eu estou aqui falando sobre eles :o)

2 comentários:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Com todo o respeito pelos médicos, digo-lhe uma coisa. A par de economistas e advogados, são profissionais de que prefiro manter-me afastado. Apenas por questões de saúde, obviamente... se não precisar deles é sinal que sou saudável :-)))

Turmalina disse...

Respeito muito o trabalho dos médicos humanitários e humanizados...quanto a mim mesma só sei que nada sei e que os médicos tb :o)