15.6.11

O Cordel que me encantou

- Delegado, solte meu pai!
(final do capítulo 57)
Eu que não costumo assistir televisão e muito menos acompanhar novelas descobri-me viciada em uma.Sempre que chego em casa lá pelas 18:00h corro para ligar o aparelho.Quem bem me conhece com certeza está estranhando.Meu filho é um deles, que ontem me saiu com essa:
- Mãeeee, eu não acredito que você está seguindo novela.
- Não é novela, é Cordel Encantado.



Thelma Guedes e Duca Rachid conseguiram o praticamente impossível, manter a minha atenção depois dos primeiros capítulos da trama.E a participação de Amora Mautner na direção ajuda muito, sem desprezar a competência do Ricardo Waddington.
Mas penso que é o olhar feminino que cativa. A escolha do elenco foi muito feliz também.Todos estão trabalhando muito bem. Além da trilha sonora que está impecável.
Ontem duas cenas me chamaram a atenção, a de Felipe e Doralice, que apesar de uma edição meio mal feita pôde mostrar o bom trabalho de dois artistas novos e talentosos.



E a cena da emboscada no cinema muito me lembrou o filme Bastardos Inglórios.

2 comentários:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Há sempre uma primeira vez :-)))

Turmalina disse...

Carlos..e eu tenho adorado essa primeira vez!!!