17.6.11

Com pressa, preguiça ou sono sou praticamente um desastre.O meu dedo mindinho da mão esquerda ainda dói, depois que passei ventando por um cristal bruto que fica sobre o aparador da sala de jantar na quarta feira.Era pressa.Eu voltava da filial e resolvi passar em casa para o almoço.No caminho da cozinha quase fiquei sem um dedo.Mesmo assim, determinada, fui para o fogão com um pano firmemente amarrado no dedo e preparei o almoço.Depois voltei ao trabalho, já não tão empolgada e sem o pano enrolado no dedo.
E só me lembrei que ele ainda doía hoje, quando estava preparando a massa das esfihas para o jantar.A família resolveu se juntar aqui em casa para fazer esfihas: de carne, de ricota e de queijo com milho.Uma profusão de temperos como zátar, cebolinha, salsinha, pimenta do reino e etc.Prá variar estava divertidíssimo. É de chorar de rir observar meu irmão recheando esfihas.Ele inventa mais do que faz. Nos últimos tempos, é um dos raros momentos em que o vi descontraído. Estava tudo tão bom que o dedinho só voltou a doer depois que eles foram embora.

2 comentários:

Tyger disse...

hummm que delicia esfiha, vou fazer aqui tambem!!!! Beijos

Turmalina disse...

Ty...peguei um receita básica na net e deu certo. Já o recheio fiz na intuição e deu certo também:
Carne: carne moída crua, cebola picadinha, cheiro verde, zátar, sal e limão.
Ricota com milho: ricota amassada com garfo, catupiry, muzzarela ralada, cheiro verde, pimenta do reino e milho.
Beijos e saudades, as always.