20.5.11

Voltando à boa e velha Espanha, embora agora tenha certeza que prefiro Portugal, eu bem que gostaria de falar-lhes do Alhambra e de toda a sua beleza e poesia. Mas infelizmente só se for através de livros ou fotografias. Ou ainda videos:



Quem sabe volte para lá um dia, embora eu ache difícil, afinal há tanto nesse planeta ainda para conhecer. Cheguei em Granada quase no meio da tarde. Levei um tempo para chegar ao local aonde nos hospedaríamos porque peguei uma manifestação e alguns consertos de ruas e avenidas pelo caminho.Depois de deixar as malas no quarto corri para a varanda, top of the roof, para olhar o Alhambra.


Naquele instante, do alto do edifício que chegava a me dar vertigem, lembrei-me de tudo o que já me disseram sobre ele.


Olhei para o relógio e já havia passado das 17:00h.
Achei que era tarde para começar um passeio que eu gostaria de realizar com tempo para contemplação.E só quando voltei é que descobri que existem passeios noturnos disponíveis. Acabei deixando o passeio para a manhã seguinte, se desse tempo, e é claro que não deu.Senti por não ter me sentado alguns intantes entre as sombras do Generalife.



Mas acho que posso viver sem (ou com) isso.

2 comentários:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

da última vez que estive no Alhambra tentei escreve um post e não consegui. Há certo tipo de belezas, que não se conseguem descrever.

Turmalina disse...

Carlos...as opiniões sobre a beleza do Alhambra são unânimes.Quem sabe um dia eu volte lá!