30.1.11

Fazer fotos de animais, principalmente cães e gatos, é uma arte. Eu fotografo atores e sets de filmagem e acho tranqüilo.Mas custo para conseguir fazer uma foto de cachorro.O Caveirinha vai bem e hoje estava lindamente deitado no seu tapetinho.Aos finais de semana, quando estou no computador, coloco o seu tapetinho do lado e ele fica me fazendo companhia.Coloco para tocar umas músicas clássicas ou trilhas sonoras. E assim ficamos horas, até ele se cansar e sair. Afinal ainda é um filhotão com 6 meses e precisa explorar o mundo exterior.
Daí que fui tentar fotografá-lo, ao som da quinta de Beethoven (Saturday Night Fever). Prá começar, não dá para usar flash, ou luz artificial direta, porque ele se assusta ou se incomoda. E para fotografar sem a luz eu preciso que ele não se mexa.Parei na quinta tentativa e o melhor resultado final foi esse aí.

Mas também, tadinho, ele não consegue parar muito tempo numa única posição porque o pino (que o corpo gentilmente está rejeitando) o incomoda demais. Devemos tirá-lo no final da semana que vem.E eu ainda quero que ele faça pose. Mas em todo caso acho melhor continuar fotografando pessoas e paisagens.

2 comentários:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

O Caveirinha é uma ternura!
Quanto ao restaurante de que falou lá o CR não sei qual é, mas vou tentar informar-me e depois digo.
Quanto a bifes, não perca tempo com isso por cá. No entanto, se quiser muito, aqueles dois bares de que falo têm bons bifes. Muito caros, mas bons.E muito distantes da qualidade dos bifes de chorizo que se comem na Argentina.
A propósito... aqui também há uns restaurantes argentinos, mas só um tem um bom bife de chrizo. Chama-se "Las Brasitas".
Se não é indiscrição...quando vem a Portugal?

Turmalina disse...

Carlos...ele é mesmo um fofo.Na verdade eu não sou tão fã assim dos bifes, mas tenho uma excelente lembrança dos argentinos.Prefiro os peixes. Mas de qualquer forma, obrigada pela dica.Chego aí 15 dias depois do início da Primavera e espero não encontrar uma onda de calor como a que estamos enfrentando por aqui.