12.8.10

Hoje ouvi a seguinte lenda:

Sir Gawain & the Lady Ragnell

Rei Arthur caçava na floresta de Inglewood, quando afastando-se de seus homens, deparou-se com o Sir Gromer. A figura ameaçadora foi logo dizendo:
- Meu nome é Sir Gromer e o senhor tomou minhas terras injustamente e por isso agora você vai morrer, à menos que me traga a resposta correta para o seguinte enigma: o que é que toda mulher mais deseja? Você tem exatamente um ano e um dia para trazer-me a resposta e deve fazer um juramento baseado em sua honra de cavaleiro.
Assim foi feito e Arthur retornou para a Côrte.
Arthur e seus cavaleiros perguntaram a todas as mulheres o que elas mais desejavam e não chegavam a um acordo sobre a resposta correta.
Um pouco antes da data marcada, Arthur voltou à floresta e em suas andanças por lá deparou-se com uma mulher muito feia que se apresentou como Lady Ragnell:
- Sou Lady Ragnell e tenho a resposta que procura!
- Então diga-me, disse- lhe Arthur.
- Eu direi, mas somente quando tiver a certeza que me casarei com Sir Gawain.
Arthur ficou assustado com tal pedido, prometeu consultar Sir Gawain e voltar em breve.
Como fiel cavaleiro, Sir Gawain concordou em casar-se com Lady Ragnell mesmo sem conhecê-la.E Arthur foi bem honesto em descrevê-la na sua feiura, o rosto muito vermelho, a grande boca, os dentes amarelos, os olhos turvos e o corpo em forma de barril.
- Vou me casar com ela assim mesmo, ou eu não seria seu amigo. Faria qualquer coisa para salvar a sua vida, meu senhor.
Arthur, retornando à floresta, deu a Lady Ragnell a resposta que ela desejava ouvir.E em troca ela disse-lhe:
- Meu senhor, os homens acham que desejamos a atenção deles, mas na verdade o que toda mulher mais deseja é ter soberania para decidir sobre sua vida.
No dia combinado, o rei voltou ao local aonde conheceu Sir Gromer. Alguns minutos depois o grandalhão apareceu:
- Prepare-se para morrer, Arthur.
- Espere Sir Gromer, eu tenho a resposta para o seu enigma: o que toda mulher mais deseja é ter soberania para decidir sobre a sua vida.
Sir Gromer berrou:
- Sem dúvida alguma foi minha irmã Ragnell que contou-lhe isso. Maldição, só ela sabia a resposta correta.Vá Arthur, você pode ir e nunca mais vou importuná-lo.
Arthur e Lady Ragnell voltaram para a Côrte e iniciaram os preparativos para o casamento. Durante a festa os convidados mal conseguiam disfarçar a surpresa e decepção com a noiva. Sir Gawain portou-se com um verdadeiro cavaleiro não deixando de dar a devida atenção à noiva.
Mais à noite, já no quarto, quando a esposa pediu-lhe um beijo, ele não a rejeitou e beijou-a carinhosamente. Nesse instante ela transformou-se numa linda mulher, a mais bela que ela já havia visto. Diante da surpresa do marido Lady Ragnell explicou:
- Você está diante de uma maldição que meu irmão me lançou.E você terá de escolher entre ter uma bela esposa de dia ou de noite.A escolha é sua.
Sir Gawain pensou e pensou e pensou e finalmente respondeu:
- Minha senhora, devo colocar a escolha em suas mãos.Sua escolha será minha escolha e serei feliz assim.
- Meu senhor, por ser sábio, verdadeiro e generoso, acabou de livrar-me de tal encantamento ao deixar-me ser soberana sobre a minha vida.
E assim Lady Ragnell manteve-se bela para sempre.

3 comentários:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Voltei à bloga. Devagarinho. Em boa hora aportei aqui, porque esta é uma história maravilhosa.
Com a sua permissão, vou fazer link.
Beijos e bom fds

ameixa seca disse...

Por onde andam os Gawains deste mundo? he he

Turmalina disse...

Carlos...que bom que regressou..e será uma honra a sua indicação.Tenha um excelente final de semana :o)
Ameixinha...ando mais me perguntando aonde está a Lady Ragnell em mim :o)