30.7.10

Bom dia!!!
Com o tempo passei a amar sextas feiras, embora eu nunca tenha sido ligada em datas, números e horários.Também, desde a época de estagiária da faculdade de jornalismo nunca tive dia certo e nem mesmo horário de trabalho.Quando trabalhei na área de Cultura eu tinha de estar aonde o artista estava, fosse sábado, domingo, feriado, alvorada ou madrugada. E de lá prá cá aprendi a me dedicar ao trabalho 24 horas por dia. Agora tenho que desaprender porque hoje se faz necessário o descanso da minha cabeça. Ou talvez eu esteja ficando mesmo mais velha e desacelerar faça parte de um processo natural.E hoje passo a contar as horas, coisa que acho que não aprendi a fazer quando era criança.Eu tinha pressa demais!
Um excelente final de semana para todos :o)

Um comentário:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Sempre fui amante das sextas-feiras. Soavam-me a liberdade ( Não confundir com libertinagem...)