5.1.10

No final do dia ligo para saber do meu filhote e meu pai conta que ele saiu para o cinema.
- Ah...seu filho foi no cinema, na sessão das 8.
- Com quem???
- Com a neta do fulano e mais um monte de gente...eles estavam nuns 12.
- Foram assistir o quê?
- Ah...uma comédia...
- Comédia? Sabe qual ou com quem?
- Me parece que é sobre um cachorro e com aquele ator que fez aquele filme famoso com a Julia Roberts.
- O Richard Gere?
- Esse mesmo!!!
- Pai...mas essse filme é um drama...e um drama sobre o cachorro e o seu dono...
- Ah...ele me disse que era uma comédia. Quer que ele te ligue quando chegar?
- Não precisa.
- Não? Mas você não quer falar com ele?
- Quero..mas tenho certeza que ele vai me ligar.
Quase 3 horas depois toca o telefone:
- Mãe?
- Oi , filho!!! Tudo bem?
- Tudo.
- E como foi o filme?
- Triste.
- Muito?
- Ô.
- Chorou?
- Todo mundo chorou...
- E vc, tá bem?
- Agora eu tô!
- Ah...então tá bom...
- Mãe? Te amo...
- Eu tb te amo, filho...
- Então tá bom, agora eu posso dormir, boa noite.
- Boa noite, filho.

8 comentários:

ameixa seca disse...

:) Que querido! Não sei qual é esse filme mas a vida nem sempre é uma comédia, né?

Patti disse...

Oh que lindo! Mãe é sempre mãe, até para ombro de filme triste.

Blondewithaphd disse...

Óóóó, coisa linda! (Mas eu que já sou crescidinha tambémchoro em filmes que metam cãezinhos e bichinhos tristes. Entendo bem).

Zoe disse...

viva turmalina
uma coisa é certa, não vou ver esse filme, de certeza que também vou chorar e além disso já não tenho mãe para chorar no ombro.
beijinho
zoe

Pitanga Doce disse...

Ai meu Deus que se eu fosse ver esse filme não ia ficar olhando o cachorro, não. Ó pecadora!

Essa de "boa noite, filho" eu entendo. Se entendo! Deixa eu te avisar: não tem idade pra acabar.

beijos e bom dia! (aqui com sol e do calor nem falo)

Turmalina disse...

Ameixinha...coloquei uma foto do filme e tenho certeza que vc irá se debulhar em lágrimas se assistí-lo :o)
Patti...adoro essa relação segura de conforto :o)
Blonde...eu choro em diversos filmes :o)
Zoe...tão bom quanto ombro de mãe é carinho de filho :o)
Pitanga...ó Jesus, quanta tentação...rsss..

Milu disse...

Que maravilha! Você escreve coisas tão ternurentas!
Um beijinho.

Turmalina disse...

Milu...se perdermos a ternura, perdemos a esperança e o futuro feliz que nos é de direito :o)