28.12.09

Em 2010...

Faço força para sonhar... se tivesse sonhado mais, aonde estaria agora? Sempre muito teimosa, diversas vezes disse não, não, não ou nunca e nunca mais.
Só que não existe a Terra do Nunca, Wendy!
Não existem o bem e o mal absolutos. Parece-nos não haver justiça. Existe sim um jacaré constantemente nos irritando com seu eterno tic-tac. Mas no meu sonho ele é inofensivo.
Assim como os amores impossíveis dos contos de fadas podem ser bonitos, uma vida pode ser transformada à partir de determinantes impossibilidades.Talvez o segredo seja mesmo bater os sapatinhos e permitir-se sonhar. E neste sonho despertar o Homem de Lata, o Espantalho e o Leão que habitam em nós.
O pensamento e o sentimento costumam andar juntos, o que talvez justifique que uma pequena sereia se transforme em espuma do mar.E se pensarmos bem, qual sentido tem uma sereia sem o seu bem mais precioso, a voz que lhe dá a vida? Qual amor liberta, o próprio ou o próximo? Assim talvez eu tenha aprendido que soltando a voz e a imaginação eu podia encantar à mim mesma.Este é o primeiro passo.
E não é preciso morrer para renascer, basta sonhar, que, passo à passo, você vai longe.
Sim, desejo que em 2010 todos vocês sonhem mais e caminhem...caminhem...caminhem em direção à felicidade!!!

De noite, amada, amarra teu coração ao meu
e que eles no sonho derrotem as trevas
como um duplo tambor combatendo no bosque
contra o espesso muro das folhas molhadas.

Noturna travessia, brasa negra do sonho.
Interceptando o fio das uvas terrestres
com pontualidade de um trem descabelado
que sombra e pedras frias sem cessar arrastasse.

Por isso, amor, amarra-me ao movimento puro,
à tenacidade que em teu peito bate.
Com as asas de um cisne submergido,
para que as perguntas estreladas do céu
responda nosso sonho com uma só chave,
com uma só porta fechada pela sombra.
(Pablo Neruda)

5 comentários:

zoe disse...

Obrigada pelos lindos votos aqui formulados.
e que em 2010 haja menos crueldade contra os animais, menos abandonos, peço sempre por eles também, porque afinal todos somos seres de uma mesma terra.
beijinho
zoe

Zoe disse...

quando li o seu texto lembrei-me logo deste poema de Sebastião da Gama,fui procurá-lo, cá vai:

Pelo sonho é que vamos

Pelo sonho é que vamos,
comovidos e mudos.

Chegamos? Não chegamos?
Haja ou não haja frutos,
pelo sonho é que vamos.

Basta a fé no que temos.
Basta a esperança naquilo
que talvez não teremos.
Basta que a alma demos,
com a mesma alegria,
ao que desconhecemos
e ao que é do dia a dia.

Chegamos? Não chegamos?
- Partimos. Vamos. Somos.

(Sebastião da Gama)

Turmalina disse...

Zoe, muito obrigada minha querida!!! Adorei os versos de Sebastião da Gama e amo este nosso compartilhar :o)

Pitanga Doce disse...

Turmalina, isto foi algum efeito colateral do Paulo Ricardo, bela?

É. Aquela música faz revolver até o fundo do mar.


beijos e boa noite em céu escuro.

FELIZ ANO NOVO PARA TI. QUE ESTEJAMOS JUNTAS DE NOVO E SEMPRE.

ameixa seca disse...

Já dizia o poeta que "O sonho comanda a vida" :)