13.11.09

Sexta feira 13 e o dia começa me revirando o estômago com algo que possa ser culturalmente natural.Eu respeito,mas não concordo. Cachorros são companheiros e não comida.
Dois restaurantes chineses foram fechados ontem em São Paulo por venderem carne de cachorro.A polícia fechou também um abatedouro. As imagens me fizeram mal.
Eu como carne de vaca, frango, porco ou peixe...mas desde que eu não tenha chances de desenvolver uma relação afetiva com eles. Se eu tiver que ver o animal vivo antes do abate, aí eu não como, nem o peixe.Como também já comi muito mais carne, já fui vegetariana e hoje estou no caminho do meio.E neste meu caminho não existe justificativa cultural alguma que me convença que é justo comer carne de cachorros, gatos,baleias, coelhos, cavalos e golfinhos. E sei que meus amigos vegetarianos, que são muitos, estão se perguntando pq afinal os outros eu como.Bem, pq eu precisei voltar a comer por recomendações médicas.Só assim eu consigo equilibrar a minha taxa de ferro sem ter que fazer a reposição diária via oral ou injetável. Mas se só tivesse carne de cachorro disponível, eu morreria :o)

Foto: Corbis

6 comentários:

ameixa seca disse...

Concordo contigo! Não há tradição cultural que justifique isso e quem mata cachorro pra servir de comida, também mata rato e outras coisas. Adoro comida chinesa mas deixei de ir aos restaurantes. Se quiser, tenho que fazer em casa!

Si disse...

É muito difícil para nós aceitar este tipo de 'gostos', mas o que é facto é que nós também comemos carne de vaca, animal que para os hindus é sagrado...
Eu também não comeria - aliás já me convidaram para tal e eu recusei! - só que culturalmente, e por uma questão de sobrevivência, acredito que na China a alimentação se tenha adaptado ao excesso de pessoas e aos parcos recursos.

Zoe disse...

viva turmalina,
é uma vertente cultural inaceitável para mim,que não consigo comer qualquer tipo de carne, mas como a Si já disse comemos carne de vaca o que é inaceitável para os hindus, e comemos colelho, o que é chocante para os australianos, pois o coelho é o animal de estimação eleito pelas crianças australianas.
já tem o seu computador arranjado?
beijinhos
zoe

CGS disse...

Sabe que eu própria fui vegetariana vários anos quando era jovem? Ainda agora sou esquisita com o tipo de carne que como - nunca coelho, cabrito, carnes que me façam lembrar vagamente animais de estimação... um dia que os meus filhos sejam independentes e já não vivam comigo é muito natural que deixe de comer carne novamente.

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Antes de ir viver para o Oriente, falava com duas amigas malaias sobre os hábitos alimentares dos orientais e falava exactamente dessa minha repugnância pelo facto de comerem cães. Sabe qual foi a resposta?
Qual é o problema? Vocês também comem vaca e nós não, porque não devemos comer animais que nos dão diariamente o leite, que é um alimento essencial à vida. E os cães o que é que dão?

Turmalina disse...

Carlos, os cães nos dão amor. E olha que eu não sou de humanizar os animais, mas é que eu vivo no universo do sentir :o)