8.11.09

Ontem fiz um prato que costumo preparar sempre aqui em casa, tanto que nem receita eu utilizo. É o Cuscuz de milho, também conhecido como Cuzcuz. A grafia francesa couscous, é frequentemente usada nos livros de culinária europeus. Existem inúmeras variações e ele é inclusive confundido com o Cuscuz marroquinho, que é normalmente preparado com sêmola de trigo. Existem também os que são umidecidos com leite de côco, com ou sem açucar. Ah sim, porque existe ainda o cuscuz doce, muito consumido no nordeste do país.

No sudeste. o mais consumido é preparado com massa salgada, peixes e crustáceos, e cozido no vapor.O simplificado que faço aqui em casa não precisa de muita coisa.Com camarão fica excelente, mas com frango e legumes não fica nada mal. O de camarão normalmente leva camarões médios picados, azeite de dendê, cebola picada, alho, cheiro verde, palmito picado, ervilhas em lata, ovos cozidos para decorar, farinha de milho, água, sal, pimenta vermelha, tomates e uma lata de sardinhas também para decorar.
Bem, o meu foi feito assim:
Numa panela coloquei um pouco mais de meio quilo de peito de frango já previamente ensopado e desfiado.Adicionei uma cebola picada em pedaços bem pequenos, azeite de oliva de forma generosa e deixei a cebola murchar.Acrescentei meio litro de molho de tomate (daquele natural que tenho sempre no freezer), 3 copos de água de água, duas cenouras raladas e deixei ferver bem.Tem que ficar bem líquido para formar a massa do cuscuz. A seguir coloquei meia lata de ervilha, meia lata de milho e meio vidro de palmito. Deixei ferver e por último adicionei molho de pimenta e cheiro verde.Abaixei o fogo, acertei o sal e adicionei, sempre mexendo e aos poucos, aproximadamente duas xícaras de farinha de milho em flocos.Neste ponto tem que ficar mole, no ponto de colherada. A farinha de milho borbulhou, está pronto.Coloque em forma de pudim ou pão, deixe esfriar e leve à geladeira.Não precisa untar.Rendeu duas formas daquele tipo retangular para pão de forma.

Foto e mais informações sobre Cuscuz no site:Brasil Cultura

4 comentários:

ameixa seca disse...

Nunca comi mas tenho uma certa curiosidade. É super colorido e tem bom aspecto :)

Zoe disse...

adoro cuscuz,aliás ando numa onda cucuz, pois há uma cadeia de supermercados que vende pequenas doses já prontas, baratas e muito gostosas, é cuscuz de vegetais (sou vegetariana)mas, muito bom, vou tirar uma foto e mandar-lhe. mas, o seu tem óptimo aspecto, devia estar deleicioso...

Luma Rosa disse...

Eu comi cuscuz quando era criança, na casa de uma amiga italiana. Não sei se o modo de fazer era como este, sei que, me enche a boca de saliva todas as vezes que alguém fala em cuscuz. Minha mãe nunca fez e dizia que não sabia, como também as pessoas que conheço. Estou levando a sua receita, porque achei fácil e vou tentar. Outras vezes não tentei, porque não entendia o lance do vapor. Depois falo como ficou!

Está sabendo que amanhã é dia de poesia na blogosfera?

"Abre Aspas" promovido pela Lunna Guedes, veja:

http://teoriasimpossiveis.wordpress.com/2009/10/09/abre-aspas-terceira-edio/

Boa semana! Beijus,

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Só conheço ( e gosto) o marroquino. Faço-o às vezes em casa.