7.9.09

Mulheres Possíveis

Perdão, mas essa eu não podia deixar passar...ao ler notícias sobre a possível candidatura de Marina à presidência, encontrei algumas pérolas vindas de comentários mais inflamados, lá no Terra Notícias :
"Os outros candidatos nem se pronunciaram ainda, as deslumbradas já se assanharam. Isto é uma eleição para presidente do Brasil, aquele que ficará responsável pelo futuro da nossa Pátria. Está todo mundo condicionado para votar em mulher, só porque o PT colocou uma mulher candidata. Vocês não têm personalidade??? Vão na onda??? Na história da humanidade, jamais existiu uma mulher que tenha sido boa governante. Uma que deixou seu nome na História foi Cleópatra, mas não foi pelos qualidades administrativas, mas pelas suas qualidades atrativas. Tem ainda aquela rainha Elizabeth I que mandou matar sua prima Mary Stuart, por inveja. Mulher dá nisso. Elas governam de acordo com a TPM."
"A 'aparição' da Marina só vai valer para uma coisa: os mulhermaníacos (que têm mania de votar em mulher), vão ficar meio baratinados, com tantas opções. Os votos ficarão divididos. Vai ser bom para os outros candidatos que terão chance de serem avaliados com melhor critério."
"Isto não é desfile de deslumbradas. Isto diz respeito a eleição de um presidente que vai governar o Brasil.Elas estão aparecendo na mídia (campanha política indireta) antes do tempo, o que é ilegal.Por trás delas tem é muitos espertalhões que querem governar por debaixo das saias delas. Um até já se prontificou a ser o vice da Marina - Gilberto Gil."

Bem, concordo que o povo brasileiro hoje não tenha lá muitas opções, afinal a nossa política anda toda mesmo meio interligada. Mas de todos possíveis candidatos que aí se encontram ela é a mais coerente.Sua posição sobre a educação ambiental e a educação como um todo tem bons argumentos.
E isso vem me lembrar da conversa que tive com minha cunhada ontem no almoço. Ela é professora numa escola da rede estadual.Na verdade o seu trabalho hoje é um tanto diferente de lecionar em sala de aula.Ela é professora de Português, responsável pela biblioteca e também por montar grupos de leitura e discussão. Ela disse que o governo do estado entupiu a escola de material escolar. São livros, apostilas, cadernos, canetas, borrachas e até lápis de cor.Ela tem lá pelo menos três kits para cada aluno, enquanto na Amazônia as crianças não tem papel e lápis para escrever.E essa realidade é conferida pelo cara metade que anda pela região (Amazonas e Pará) algumas vezes ao ano. A população ribeirinha com quem ele realiza contato não pede roupas e sapatos, nem comida, pede livros para os filhos.
Aqui a diretora da escola está conseguindo junto à uma Igreja Evangélica famosa um caminhão para levar o excedente para essa população ribeirinha.Isso porque ela tentou antes o governo do estado e ele lavou as mãos.E por sinal, essa negocição toda está sendo feita por mulheres. Mulheres estas que foram orientadas à enviar o excedente para a reciclagem. Aqui estaria indo para o lixo o que lá na região amazônica falta. E o mais absurdo é que estamos falando de livros e materias didáticos, a base da educação, que é a base de uma nação.Será que o discurso da Marina
é tão errado assim? Assistam aqui uma entrevista que traduz um pouco deste discurso.
”Não há nada de mais poderoso no mundo do que uma idéia cujo tempo já chegou”, frase de Victor Hugo, usada por Leonardo Boff num artigo
falando sobre a possível candidatura de Marina.

6 comentários:

Dulce disse...

Certamente um artigo escrito por um homem que nunca ouviu falar sobre a Rainha Vitória e a Era Vitoriana que permitiu com suas conquistas que "o sol nunca se pusesse sobre o solo inglês" e, nessa mesma Inglaterra, a Dama de Ferro, Margareth Tatcher, lembra-se?
O que me doi mais é ver mulheres que se diminuem tanto a ponto de acreditarem que os homens contituem uma casta superior... Wow!...e, acredite, elas existem, ainda...
Um abraço

Turmalina disse...

Oi Anonymous!
Deletei seu comentário e acho muito dificíl que volte aqui novamente.Mas enfim, obrigada e tudo de bom prá vc tb!

Anônimo disse...

Fez bem em apagar os vestígios ... e o acento também ... assim fica mais bonito o seu blog, sem aquele erro crasso logo à entrada. Boa sorte.

Turmalina disse...

Ai..ai..ai... na escrita informal é comum cometermos alguns erros.E confesso que nem tinha percebido. Não estava apagando vestígios, se lesse os outros posts perceberia que não deixo comentários sem a identificação do(a) autor(a).O que também acho que é meio idiota, afinal que diferença faz um nome, não é? Mas de qualquer forma é um costume.
Mais uma vez muito obrigada e boa sorte para vc tb!

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Ontem, quando comecei a ler este post, passei logo à frente. Sabe porquê? porque estava a preparar um post, para o meu outro blog sobre a Marina. É para o incluir numa rubrica denominada "Rostos do Sul" que publico às sextas. Não quis ser influenciado pelo que escrevia mas, agora, com o post pronto, resolvi dar uma olhada. E, provavelmente, ainda vou mexer no meu post depois de lero que escreveu e ver a entrevista dela com o Jô...

Turmalina disse...

Carlos, não vou perder o texto de sexta feita :o)