24.8.09


Eu adoro orquídeas, talvez porque não seja uma flor tão efêmera. Gosto de orquídeas desde pequena.Lembro de namorá-las na vitrine da floricultura da avenida aonde morávamos e da minha mãe dizer que era flor de gente grande. E eu cresci namorando-as até que finalmente ganhei de um namorado minha primeira orquídea. Era uma catléia branca, mas fiquei um pouco decepcionada pois a flor vinha cortada do galho numa caixinha transparente.Minha mãe me explicou que era assim mesmo que eram comercializadas e que na haste que nascia uma flor não voltava à nascer outra.E que as flores eram caras justamente por causa dessa peculiaridade. Ganhei poucas orquídeas enquanto me tornava gente grande. Já adulta tive uma floricultura por uns dois anos e um novo mundo se abriu diante dos meus olhos: o dos produtores.Conheci de perto as estufas de phalaenopsis, cymbidiuns e catléias. Além das estufas de rosas, crisântemos, violetas e etc. Nesta época adquiri algumas, mas não era a mesma coisa de ganhá-las. De uns anos prá cá, talvez por acaso, ou não, as pessoas passaram à me presentear com orquídeas no meu aniversário. E desta vez, plantadas.E assim tenho criado um jardim especial :o)
P.S. A foto é de uma Catléia toda branca.

5 comentários:

Maria disse...

Onde eu gosto mais das flores é no seu habitat - "plantadas", como diz e nunca nas tais "caixinhas transparentes"...
Adoro campos de girassóis, tulipas e toda a espécie de flor silvestre. Também gosto de orquídeas, sobretudo das mais coloridas, aqui em Portugal, na ilha da Madeira, há muitas orquídeas, já tentei cultiva-las mas sem sucesso, é uma flor muito sensível.
È por essa condição "efêmera" que eu as prefiro no campo ou nos vasos, não gosto de ver as flores murcharem em casa...manias:))
Boas culturas!

Turmalina disse...

Ah...Maria , eu também não gosto de vê-las murchar. Todas que aqui chegam vão diretamente para as árvores do meu jardim. As que estão nos vasos especializados para cultivo eu mantenho nos vasos, as outras eu coloco em contato direto com a natureza.Não acho que seja uma "mania" e sim consciência e respeito :o)
Aqui o ajuda no cultivo é o clima, o calor!

Veroca disse...

Turmalina!!! Acordei e vejo você!! De longe, de óculos escuros, mas você! A paulistana que sabe fazer pães de queijo e contar " causos" deliciosos de ler. Bem, ontem de manhã li que estava naqueles dias... mas depois vi que sobreviveu e brindou com chocolate quente e prá coroar, enfeitou tudo com bromélias. Enfim, sobrevivemos todos, eu também já melhorei o " figo" hehehe E vamos que vamos" Beijo meu

Giane disse...

Oi, Tur!

Quando criança eu apreciava Margaridas. Quando adolescente Rosas. E desde os trinta, minhas favoritas são as Orquidéas...

Beijos mil!!!

Christina Frenzel disse...

Eu também ADORO Orquídeas, mas elas não se adaptam à minha varanda, com muito vento, por isso, desisti de tê-las, uma pena... =(

Beijos