16.1.09

Eu tenho por hábito rabiscar textos curtos e rápidos enquanto estou escrevendo algo longo e pesado.Tem gente que relaxa pescando, caminhando, cantando, dançando...pois bem, eu relaxo escrevendo.Sei que meus textos parecem um tanto melancólicos, mas diz aí uma música que o amor só é bonito se for triste.Eu não concordo muito bem, mas literariamente o amor sofrido é muito mais poético.E o outro texto (roteiro/livro) que estou escrevendo não aborda esse tipo de amor romântico. Envolve relações familiares e fica focado nas diferentes formas de viver de duas irmãs.O "destino" se encarregou de dar uma vida diferente à cada uma delas. É um exercício incrível porque eu só tenho um irmão e mais novo. A storyline está dividida em 22 capítulos e até agora, dois fechados. Ou seja, a previsão de término é somente para o final do ano mesmo.Enquanto isso vou escrevendo por aqui o que me vem à cabeça...rs...
Um excelente final de semana para todos :o)

2 comentários:

Giane disse...

Oi, Turmalina!

Grande parte dos textos que escrevo vem de uma caderneta de anotações - mais essencial na minha bolsa que o baton, acredite - e cada um de nós encontra a maneira ideal de relaxar.
Eu tenho tantas que fica difícil escrever uma só!

Beijos mil e ótimo fim-de-semana para você também!!!

*Claudinha disse...

O que tem vindo à sua cabeça tem sido bastante inspirador. Acredite