24.7.08

Nosssssa...eu tive um sonho tão estranho, tão sem sentido...melhor deixar prá lá do que tentar compreendê-lo! Ultimamente nem Freud anda explicando algumas coisas...o que importa é que o baixo astral passou e estou feliz outra vez. Acho que era stress mesmo, tanto que ontem tirei o dia de folga e hoje estou ótima.
E o que eu faço quando não vou trabalhar? O que parece ridículo para os outros, e que é muito prazeroso para mim, é cuidar da casa. Na semana passada foi a horta, além de ir para as panelas, ontem "arrumei" o armário de roupas do meu filhote. Aos 12 anos o que lhes falta é organização. E parece incrível o número de roupas com pequenos rasgos que são a sensação do armário.Fiz uma pequena negociação e consegui retirar algumas. Fez parte da arrumação bater uns pregos numa gaveta que estava abrindo o bico. Porque chamar alguém em casa só para isso acho total falta de competência. Na verdade um especialista iria passar uma cola de madeira e eu fui de prego mesmo, afinal vai ficar lá no fundo da gaveta virado para o armário.O importante é que o problema está resolvido.E acreditem, martelo não morde, nem arranca pedaço ;o)
Ai..ai...lá vou eu trabalhar...um bom dia para todos :o)

2 comentários:

* Claudinha disse...

Apesar das marteladas, ainda há tempo para se curtir coisas boas.

No link abaixo vai ver que lembrei de você (risos).

Lembra que te falei para nunca dizer nunca outro dia?

Então...

http://mais.uol.com.br/view/mqjcbg9znoh1/raclette-04026CC8892327?types=A

Layla disse...

Minha querida, eu adoro cuidar da casa também. Faz muito bem manter agradável o lugar onde vivemos... Me identifiquei completamente com seu post. Sobretudo quanto às marteladas! Veja só que já me peguei martelando, colando, montando e desmontando de tudo aqui em casa... E me sinto felicíssima em saber que consigo me virar, eh eh!
Um beijo muito grande...
Salaam
Layla