11.4.08

Faltam-me palavras e os olhos chegam à ficar marejados.
Busco num sorriso discreto disfarçar a emoção que me invade.
E neste meu coração tolo e sensível, já chora uma lágrima de saudade.

Procurei as palavras mais bonitas, aquelas mais amigas,
Para amenizar o sempre triste momento da despedida.
Não as encontrei, algumas sílabas perderam-se pelo caminho.

Assim eu parto, com o coração apertado e uma lágrima contida de saudade.

Até um dia!

2 comentários:

Carol Mendes disse...

Apesar da sua saudade de tudo e todos que deixou, agora pelo menos teremos a satisfação de tê-la mais próxima de nós.

Beijokas - bem vinda!!!

Andréa Motta disse...

Boa noite! Vim conhecer seu blog e convidá-la a participar da blogagem coletiva COISAS DO BRASIL, em 16 de maio. A idéia é cada um escrever, em seu blog, sobre aquilo que represente a cidade brasileira onde mora ou nasceu, a fim de que, juntos, mostremos a riqueza cultural do nosso país. Estou convidando a todos, até mesmo os brasileiros que residem no exterior; o importante é mostrarmos que o Brasil é um misto de culturas e saberes. Conto com a sua adesão!