22.7.07


Só mais um pouquinho de literatura:

O prêmio Príncipe das Astúrias das Letras (Espanha) já foi concedido à respeitáveis nomes como Mario Vargas Llosa, Artur Miller, Susan Sontag e Paul Auster. Agora em 2007 foi a vez do escritor israelita Amos Oz.
Além de excepcional autor, escreve com uma propriedade ímpar sobre os tempos atuais, é também o fundador do movimento pacifista Peace Now que defende a paz entre os povos. Já temos à disposição muitos títulos traduzidos para o português. Tive a grata surpresa de ganhar de aniversário da Simone um exemplar de "DE REPENTE, NAS PROFUNDEZAS DO BOSQUE". É uma fábula que tem início numa aldeia aonde todos os animais, de pequenos insetos à grandes mamíferos, desaparecem numa noite sinistra.A linguagem é poética e o desfecho contundente.Eu diversas vezes me emocionei e já me aproximando do final tenho vontade de chorar.E o motivo está aqui dentro de nós...
Eu achava que autores capazes de fábulas assim já não existissem mais...sim, Amos Oz existe está aí na livraria mais próxima.Não percam a oportunidade de ler algo tão sublime.É um presente!

Um comentário:

Luci do 71 disse...

ai que saudades do seu blog, estou me concentrando para passar mais tempo na net novamente, to sentindo uma falta!
beijos e excelente semana Tur!