29.1.07

Eu não conheci Robert Crumb através do Fritz, o gato mais saliente dos quadrinhos. Fui me identificando aos poucos com o artista que desenhava mulheres volumosas... eu como nunca fui magra, amei!!! Ele é exagerado, crítico e de moral questionável.
Aí depende de como cada um encara o sexo...
Já foi acusado de machista pela forma como retrata as mulheres, mas eu não penso assim, vejo em Crumb um apaixonado pelo sexo nada frágil. Ele foi transformado em personagem da vida real no filme Anti Herói Americano. Considerado grotesco, bombardeava sem piedade a sociedade americana, enquanto sofria severas críticas de grupos como a Liga das Senhoras Católicas. O seu Mr. Natural é inesquecível, um velhinho prá lá de sacana, que fez sucesso por anos e anos (não é trocadilho). Eu particularmente acredito que o quadrinho nacional tenha sido muito influenciado por Crumb. É um tipo de HQ que deve ser apreciado devagar e sem muitos filtros...

2 comentários:

Luci do 71 disse...

apreciar devagar e sem filtros. Taí! Legal!

Quanto ao endereço do bat-local, sempre me perco no Cambuí, não vai ser desta vez que vou acertar. Se fica na contra-mão, isso ajuda ...hohoho
às 19h59 estacionaremos a carroça

Sayonara

M&M disse...

Essa frase vai ficar gravada, ficou irretocável.

"Apreciar devagar e sem filtros"

Digamos então que procuro sempre apreciar devagar e sem filtros as similaridades que tenho com o Sr. Crumb