12.9.06

No feriado eu planejava viajar, mas meus planos foram interrompidos de maneira meio drástica, na forma de cinco rapazes armados nos rendendo, invadindo a minha casa e a minha vida. Por alguns mintos, quase duas horas, deixamos de ser nós mesmos para sermos tranformados em coisas, objetos, e de pouco valor. A certeza entre a vida e a morte inexistia.Foi um longo tempo de terror e somente nos últimos dez minutos descobrimos que ficaríamos vivos, amarrados, amordaçados, presos, mas vivos! Eu já tinha sido roubada outras vezes, aliás qtos de vcs já não foram? Mas desta vez foi diferente, desta vez entraram na minha casa, na minha intimidade e mantiveram meu filho na mira de um revolver. Pois bem, eu mudei, não sei bem qto nem como, mas eu mudei... Felizmente, depois de muito terrorismo, eles só queriam nos roubar e ir embora.De certa forma sou grata à eles por não nos terem feito nada.Num mundo como o de hoje não existem garantias...muito menos segurança...O negócio é acreditar que algo maior olha por nós!!! E nesta noite olharam de forma mais carinhosa para nós e hoje aqui estamos. Eu ainda não sei o que estou sentindo....com o tempo talvez eu consiga descobrir.Aos poucos vamos retomando nossas vidas, uma vez que nos levaram tudo, inclusive a paz!!!Por enquanto vou escrevendo aos poucos num computador emprestado....e assim a vida continua!

2 comentários:

Luci do 71 disse...

minha nossa; me liga quando der, minha amiga, estou mandando muita energia para vocês todos.
Fiquem com Deus!

Senhora D. disse...

que horrível, turmalina. esperoque vocês consigam superar essas lembranças dolorosas. e logo fiquem bem. um beijo.