4.5.16

Gosto de fusões, de sons, de cores, de temperos e sabores.
Fusões e (in)fusões de todos os tipos.
Da sua pele na minha, de nossas bocas, dos nossos corpos.

Álvaro de Campos escreveu:

"Tudo se funde no movimento
 (...)
E cada arbusto fitado
Nem é o terceiro que está a seguir."

Toda fusão cria um novo elemento, uma nova forma, uma nova amálgama.
É este resultado que me encanta!