17.8.14

Ainda sobre o tempo:



Tempo, tempo, tempo, diga que você ainda é capaz de me surpreender.
Tantas vezes não quis lhe ver, nem mesmo pensar em você.
Mas os anos vão passando e sua presença se faz necessária...
Tem tantas pessoas que gostaria que estivessem aqui ao meu lado, e você se encarregou de afastá-las, para compartilhar as pequenas coisas do dia a dia como escolher a armação de um óculos, escutar um desabafo, trocar um afago, um beijo, um abraço.Alguém com os mesmos gostos que o meu para poder escutar uma poesia, assistir um filme, comer marzipans e dividir uma garrafa azul de vinho branco alemão ao som de Erik Satie.

2 comentários:

*Clau disse...

Que delícia de música...

No passado sem dúvida um vinho alemão de garrafa azul seria perfeito.

Hoje preferiria mais um tinto italiano, português ou espanhol. Talvez até mesmo um branco alemão, mas menos "docinho"

Turmalina disse...

Clau...aquele vinho alemão da garrafa azul foi uma verdadeira febre por aqui.Hoje meu gosto também mudou.Nunca mais nem vi a tal garrafa azul pelas prateleiras mas seria bom ter alguém para compartilhar até mesmo aquele vinho "docinho", alguém que pudesse falar do passado como do presente da mesma forma, como se o tempo não importasse mesmo :o)