1.7.14

Definitivamente não conheço as pessoas...ou talvez acredite demais nelas, ou minha intuição ande falhando, ou haja uma estranha conjunção planetária acontecendo no momento ou, ou, ou...

Caranguejo, signo da última estação do segundo lugar
Do primeiro desejo que não há
Como dissimulando se esconder no porão

Caranguejo da canceriana, solidão de horizontalizar
No canteiro de beijos que não dá
Como dissimulando se esconder no porão do ser

Caranguejo cada vez que a gente se encontrar no cio
Pode ser que não, mas eu quase adivinho
que no coração alguém vai batucar (...)

Pois é Caranguejo, símbolo da réplica fusão do que não caberá
Mas no primeiro ensejo brilhará como volatizando
Se acender um balão pro céu

Oswaldo Montenegro

2 comentários:

*Clau disse...

Canceriana... ora pois

:-*

Turmalina disse...

Clau...muito, muito, muito, demais...
e como batuca este coração, ora pois!!!

** ! ***