12.5.12

O país da apelação. Quando um raio caiu aqui pertinho no feriado de 21 de Abril, queimando alguns aparelhos eletrônicos, entramos em contato com CPFL (Companhia Paulista de Força e Luz), pois existe um programa de ressarcimento.
Ficaram de nos dar uma resposta por escrito em 10 dias.Como a tal resposta não chegou entrei em contato com a empresa e descobri que, embora a carta não tenha chegado, lá está escrito que o pedido foi julgado improcedente porque não houve manifestação de raios na data e hora informada.Como assim? O que foi aquilo que caiu aqui em casa? E eles nem vieram verificar os equipamentos. Tão de brincadeira, né? A CPFL não é séria, é?
Agora nos mandaram entrar em contato com a Ouvidoria na segunda feira.Enquanto isto estamos buscando relatórios sobre ocorrência de raios naquele feriado.Eu acho um absurdo termos de ir atrás disto.Minha casa possui sistema de proteção contra descargas elétricas e mesmo assim não evitou a queima dos aparelhos.E isso não aconteceu só comigo!

2 comentários:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Não é por acaso que somos países irmãos, pois esse episódio poderia ter-se passado aqui...

Turmalina disse...

Carlos...acredita que liguei hoje na Ouvidoria da empresa às 16:30h e o serviço se encerra às 17:00h.Me deixaram com uma gravação repetitiva, pedindo que eu aguardasse alguns instantes, até o serviço cair, pontualmente às 17:00h. Acho uma falta de respeito sem tamanho.