26.11.11

Somos hoje um conjunto de memórias.Elas possuem cores, sabores, sons e cheiros.Pelo menos as minhas possuem, assim como meus sonhos.Eu já nasci sonhando em technicolor.É uma pena que conforme eu ia crescendo meus sonhos, aqueles de quando dormimos, iam diminuindo.Mas as memórias, essas sim, iam aumentando.
Algumas músicas me trazem mais lembranças que outras.É o caso de Sounds of Silence.Ela me transporta para aquele silêncio aonde é possível escutar a si mesmo.É uma caminhada solitária e tenho aprendido que este caminho rumo ao inaudível pode ser muito providencial. Principalmente se vamos abandonando as lembranças mais desgastadas pela estrada de tijolos amarelos.
Fecho os olhos e vou. Quem quiser que venha comigo, mas de longe que é para não trocarmos nossos mais íntimos pensamentos:


2 comentários:

Lucia Luz disse...

Esses são momentos necessários e únicos.
Boa " viagem interior".
Beijinho

Lucia

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Prometo não perturbar a viagem :-)))