15.10.11

Hoje minhas pernas não acompanham mais os meus impulsos de sair caminhando por aí ao estilo Forrest Gump, ou coisa parecida. Talvez seja por isso que gosto tanto de dirigir em estradas, pelo sentido de amplitude, pela capacidade de ir além.
Luto contra o que me limita fisicamente com exercícios, novos remédios que ponham juízo nos meus hormônios descontrolados, mas ainda assim minhas pernas reclamam e meus joelhos gritam quando a caminhada é longa.
Mas não é isto que me impede de ir aonde quer que eu queira chegar.Vou devagar mas chego lá.Quanto mais longo o caminho, maior o desafio e mais eu gosto.Sendo assim, sinto um imenso prazer em pegar estradas.E quanto mais desertas melhor:



Gosto da sensação de estar só no meio do nada.É aí que minha força interior se faz mais presente.É aonde penso melhor, respiro melhor e obtenho respostas que já havia desistido de tentar encontrar.Aonde sinto um intenso acolhimento da natureza.E dela nunca tenho medo!

2 comentários:

Lucia Luz disse...

Bom dia!
Estradas também me dão essa gostosa sensação de liberdade.
Abraço

Turmalina disse...

Lucia...tô doidinha prá pegar uma boa estrada :o)