28.11.10

Minha sobrinha mais velha não estava presente no almoço de sábado, estava na casa de uma amiga. Mas soube que ela está sofrendo de amor. É sua primeira decepção amorosa e não tem como convencer uma adolescente de 15 anos que isso passa, ou então que não vale a pena tanto sofrimento.A gente cresce a coisa melhora, eu juro!!!
Ficam aqui duas musicas que retratam bem essa fase e a posterior também:


3 comentários:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Quando hoje me lembro dos amores da adolescência que me fizeram sofrer, sorrio, mas na altura doeu muito...

Reflexos disse...

Ai os amores da adolescência...tão eternos e verdadeiros!

Turmalina disse...

Carlos e Reflexos...dores e amores que deixamos para trás.Acho que isso faz parte do processo de sobrevivência :o)