9.12.09

Bom dia!!!

Espero que em Copenhagen ou seja lá em qualquer lugar, que o mundo desperte para as mudanças que andam acontecendo, e acredito eu sim que motivadas por depredação ambiental.
Aqui o sol saiu discreto por entre as nuvens nessa manhã e lentamente a vida vai voltando ao normal.
Ontem ficamos ilhados por causa de uma ponte que não tem nem 3 metros de comprimento. Ou melhor, por causa do rio, que passa por baixo da ponte.Rio este que foi assoreado até o pescoço ao ponto de estar totalmente estrangulado no trecho que beira a cidade.Quando chove muito, ou por mais de dias, ele sobe rapidinho e deixa uma área de aproximadamente 600 mts totalmente alagada, por onde não passa nem ônibus e caminhão. Carros de passeio muito menos.
Não posso dizer que é um erro de engenharia pois a rua e a ponte foram construídas no final do século 19. Os problemas de alagamento começaram só agora no século 21.Então, o que mudou? O rio. Na verdade, ele não mudou, ele foi mudado pela mão do homem.
Os moradores pedem obras para erguer a ponte e a rua, mas como aqui é considerado um bairro seguro não é prioridade da prefeitura. Nada desbarranca e nem casas são invadidas pela água. Apesar de estarmos perto do rio, é uma região alta. E o nível da água sempre abaixa. O máximo que já ficamos ilhados foram 10 horas. Comparando com outras regiões do país isso não é nada, somos até privilegiados.

3 comentários:

ameixa seca disse...

A Natureza lá sabe por onde tem que passar. O Homem, nestas coisas, não tem poder nenhum... por isso o rio alagou. Temos que pensar que a Mãe Natureza é mais poderosa que nós :)

Zoe disse...

viva turmalina
folgo em saber que já não está ilhada.
muitas vezes penso que a natureza se vinga de tantas maldades que lhe fazemos...
beijinho
zoe

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Regresso a Lisboa para o fds, com alguma esperança no final da Cimeira. Vamos ver!