2.10.09

Primeiro leia aqui o texto Dicionário do Rochedo(49) do dia 03 de outubro de 2009 e depois compreenda o que ocasionou tal post:
Arcebispo diz que padres pederastas são na realidade "efebófilos"
O representante do Vaticano na ONU, em Genebra, defendeu as medidas da Igreja contra os padres pederastas, a quem prefere chamar "efebófilos", justificando que a maioria cometeu esses abusos sexuais com adolescentes dos 11 aos 17 anos. Os comentários do arcebispo Silvano Tomasi foram feitos no final de uma reunião do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas, informou nesta quarta-feira o diário italiano La Stampa, precisando que esta defesa do prelado era uma resposta às críticas de Keith Porteus Wood, da União Internacional de Ética e Humanismo.
Porteus Wood acusou a Igreja Católica de ter escondido os casos de abusos contra crianças cometidos por sacerdotes pederastas e disse, segundo o diário, que "os muitos milhares de vítimas desses abusos merecem que a comunidade internacional peça contas ao Vaticano, que até agora não quis fazer nada". (noticias.rtp.pt)

2 comentários:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

provoca-me engulhos no estômago, a cegueira da Igreja Católica

Turmalina disse...

Carlos, a cegueira e certas atitudes :o)