12.9.09

O dia passou rapidinho e minha vontade ou carência tb :o)
Um pouco de trabalho doméstico, para quem não está acostumada, faz milagres. Logo cedo me coloquei na cozinha para preparar o bolo. Não é por nada, não, mas ficou divino, daqueles bolos que as avós faziam.A massa fofinha e o recheio de brigadeiro transbordando pelas beiradas.Mas os meninos ainda não provaram. Desde às duas da tarde estão chegando moleques por aqui. Agora sobraram onze meninos e uma mocinha.Eles já andaram de bicicleta, rolaram o barranco, nadaram, deitaram na grama, enlouqueceram os cachorros, comeram, beberam, dançaram, jogaram mímica e estão agora escutando música. E só agora tb é que eu tive tempo para me sentar aqui com calma e tranquilidade.Mas está ótimo, pq assim o dia passou rapidinho e eu nem pude pensar muito :o)

2 comentários:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

É bom chegar ao fim do dia e pensar que valeu a pena cansar-nos para fazer alguém feliz. Dormimos melhor, não é?

Turmalina disse...

Carlos: Eu adoro ver a felicidade estampada no rosto do outro e saber que faço parte disso. Talvez pq, por ser tão independente, as pessoas se esqueçam de tentar perceber o que me faz feliz :o)