5.8.09

Eu tô rindo aqui com o comentário que a Claudia deixou em um outro post: Não deixe para a próxima encarnação o que pode fazer nesta... olha, se eu sair fazendo por aí tudo o que quero fazer, das duas uma, ou me internam, ou arrumarei problemas. Até que eu faço bastante do que desejo. E é claro que este bastante não é suficiente. Sou tão diferente da grande maioria que com certeza arrumaria encrenca. Minhas idéias são tão malucas que nem mesmo compartilhá-las direito eu posso, com receio de ser mal interpretada. Comigo sou super bem resolvida, já com os outros, nem tanto.Minha transparente sinceridade já me deixou em saias justas diversas vezes.E eu também tenho um defeito terrível, não gosto de deixar as coisas prá depois.Vivo o aqui e o agora com muita intensidade.Talvez por ter tido uma vida repleta de pequenas perdas eu tenha essa necessidade intrínsica de dizer, fazer, sentir e viver tudo assim meio que de uma vez.Não é impulsividade, é vontade de viver.As pessoas impulsivas costumam se arrepender do que fazem, eu não, eu sei exatamente o que estou fazendo.É claro que eu erro também, mas assumo o erro de forma tranquila.Voltando ao comentário da Claudia: então, compra as passagens e vamos embora :o)
Aliás, sou uma ótima companheira de viagem...

2 comentários:

Veroca disse...

Lí seu outro post de manhã. Ia deixar um comentário lá, deixo aqui. Não deixe Barcelona prá próxima. É uma cidade simplesmente incrível. Engraçado como suas referências vão por caminhos onde estive algum dia. Hoje consegui finalmente ver como se faz uma lista de blogs que quero visitar (hehehe sou analfabeta digital). Ótimo. Assim a próxima vez que meu note der pau não perco os blogs que gosto, como já aconteceu. Bj, obrigada pelas visitinhas

*Claudinha disse...

Quem sabe um dia eu apareça com passagens na mão e diga:

Vamos?

E aí o que você faria, iria?

Beijocas,

*Clau