10.2.07

Bem, este post é algo menos porrada e mais sonhos...sonhos, não, desejos!!!
Mais uma vez aproveito o silêncio da casa vazia para escutar música bem alta e criar...
A vizinha, que sabia que eu estaria sozinha até a noite, mal me viu chegar e já me convidou prá um churrasquinho.Que churrasquinho que nada, eu quero é arte!!!
Voltei da leitura de "As bruxas de Macbeth" com a cabeça à mil. Mas agora preciso me concentrar em escrever...Sundance Festival...
Meus sonhos deixaram de ser sonhos quando transformei-os em desejos à realizar!!!
Quando pequena eu dizia que ia ser escritora. Na faculdade eu sonhava em ser repórter do The New York Times. Cheguei até o saguão principal e me assustei com tamanha grandiosidade...não tive coragem de dar o primeiro passo à realização de um desejo. Me faltou maturidade.Dei as costas para o enorme globo dourado que fica no meio do salão de entrada do jornal e voltei prá casa.E hoje vejo que foi a melhor coisa que fiz. Durante anos fui me desviando do caminho, mas agora, se alguém me perguntar o que eu desejo para o futuro, eu respondo:
- Que as pessoas vejam o mundo através dos meus olhos!

Um comentário:

Luci do 71 disse...

Sis-Tur, pô o churras quase me transforma em chester de novo! Eu estava em Limeira City na casa da minha (outra) sister, rolou um churrinhas lá também, o maridão encarou o avental e preparou kafta no espeto, ficou maravilhoso! E ainda um carneirinho com especiarias. Estava tudo das arábias, literalmente.
A gente vai se lendo!
Inspiração nas suas letras e textos!
Beijos para minha querida pedra rara